segunda-feira, outubro 31

Comfort Food



Depois de quase 20 dias comendo em ótimos restaurantes, aproveitando da deliciosa comida espanhola, bebendo ótimos vinhos e me fartando com tapas, friturinhas, frutos do mar, jamón, pães e queijos maravilhosos e outros quitutes, voltei hoje para o meu bom e velho restaurante self-service de comida caseira aqui perto do trabalho.

Gente, não tenho nem como explicar... as saladas fresquinhas, verduras verdinhas, todos os legumes raladinhos, picadinhos, refogadinhos deliciosos, arroz soltinho, o feijão bem temperado, o peito de frango douradinho... a cada garfada me dava uma sensação de bem estar indescritível. Quase chorei de algria!

Pode??

Histórias mínimas de amor V

Eles se conheceram na net e teclavam todos os dias, sem encontro ao vivo. Um dia ela super empolgada:
-Oi Gostoso
-Oi

Nunca mais teclaram.

Adorei...



Quer saber qual número é você em um mundo de 7 bilhões de pessoas? Veja aqui

Corrigido!!! Com link

Um show molhado...



Um show muito bom. Embora eu tenha certeza que o Steve Tyler estivesse chapado...

Vocês já foram a um show que não terminava? Aerosmith foi um desses. As músicas terminaram e o cara no palco batendo papo com o povo.

continuando a minha sequência de predileções por cabelos curtos...


guilherminha arrasa no curtinho.

sábado, outubro 29

para a noite de sábado, uma música delícia. felícia.

Da série: entenda como puder

“Realizamos exames de ultrassom e o feto aparentemente está bem, vivo, apresenta sinais vitais. Mas é uma gestação recente, não tem como saber se o bebê poderá ter sequelas no futuro e ainda nem saber o sexo”, afirmou o cirurgião ao G1.

IÚÚ-HÚÚ...



Voltei, gente!! Tava morta de saudades!!!!!!!!

E no último capítulo de O ASTRO

Herculano Quintanilha se revela como Pai [do filho da gengiva rebolante], Filho e Espírito Santo.

Clô Hayalla usa botão de R$ 0,01 num vestido que não tem botão.

#perdendoosonoparavermerda

sexta-feira, outubro 28

hoje nos cinemas...

alguém já viu e amou muito?

ser criança é...

Cher




Ainda não deu para colocar nem 1/3 da costura em dia. Dona Lili não foi capaz de lavar uma única calcinha nestes 30 dias. Tô sofrendo no tanque colegas.

Mas precisava dividir esta foto com vocês. Cher saiu disparando para todo lado que a eliminação do seu filho (ex-filha) do Dancing with the stars foi uma tremenda injustiça.

O que isso tem a ver coma gente? Nada.

Exceto que injustiça mesmo é a Cher, no alto dos seus 65 anos (SESSENTA E CINCO) anos, poder desfilar por aí melhor que a maioria das colegas que leem este blog. Plásticas ou não, a mulher tá com 65 gente. SESSENTA E CINCO. Poderia ser tranquilamente minha mãe.

O que são estas pernas??? Ou ela tem pacto com o demo ou é um vampiro.

E agora, Rede Globo?


O ator Marco Nanini deu detalhes de sua vida pessoal à revista “Bravo” e falou pela primeira vez sobre sua opção sexual.

Aos 63 anos, o ator de “A Grande Família”, da Rede Globo, assumiu que é homossexual. “Moro em uma casa, com três cachorros. Às vezes, pintam umas namoradas, uns namorados. Namoradas, não. Namorados”, afirmou.

Daqui.

Um cara sempre muito reservado, aos 63 anos de idade resolve falar uma coisa tão "e daí?" e imediatamente vira manchete em todos os portais de notícia.
Vamos ter um ataque de solidariedade, colegas de trabalho do Nanini, e mostrar que o mundo é gay, o pessoal do teatro é gay, que a Globo é gay, se bobear até Willian Bonner é gay, grandis coisa?

recado aos "facebookers"

todos já sabem que você não vai morar no exterior coisíssima nenhuma.

obrigada.

quinta-feira, outubro 27

eu e minha eterna nostalgia...

na minha infância, eu e meus amigos da minha idade brincávamos nessa rua até umas 23h. a gente interditava a rua para fazer festa junina, soltava pipa, jogava fubeca, fazia a maior farra... na minha adolescência eu chegava sozinha em casa, de madrugada, sem nenhum problema. por volta dos meus vinte e pouquinhos anos, comecei a achar as coisas, nesta mesma rua, um pouco sinistras. hoje, meus vizinhos adolescentes têm toda a pinta de traficantes [a polícia inclusive não sai daqui]. uma das casas da vizinhança está abandonada, as portas e janelas estão abertas, tudo num breu imenso e, faz algumas semanas, virou moradia para um bando desocupados...

agora, não faz nem 20 minutos, alguém jogou um ovo na parede de casa...

a meia-noite eu tenho que dar uma saída rápida de carro para buscar a irmã que chega na rodoviária. confesso que estou morrendo de medo e pensando se isso não é uma microscópica amostra do que está virando esse nosso mundão.

quarta-feira, outubro 26

eu sou muito clichê.

fato 1: estourei o limite do cartão nesta madrugada.
fato 2: entrei no cheque especial na semana passada.
fato 3: acabei de receber um e-mail da picadilly prometendo frete grátis e parcelamento em até 10 X sem juros.
fato 4: meu angiologista me indicou, ontem pela manhã, trocar as sapatilhas sem salto por saltinhos de 4cm.
fato 5: tem um modelo lindo no site da picadilly com 4cm de salto de R$ 109,90 por R$ 65,94.
fato 6: vou ali beber uma dose de qboa e já volto.
acho o máximo esses comentaristas falando uma tonelada de termos técnicos nas apresentações dos ginastas, tudo sem uma mínima descrição do significado para os meros mortais que estão em seus sofás. ó para vocês.

quem falou foi a própria depiladora, a dona do salão.

- mas tu sabe que eu não frequento salão de beleza, né?
- não, lili?
- não... só vou para fazer depilação, né? por que aí não tem jeito... de resto, eu mesma pinto e corto meus cabelos, só fui à manicure uma vez na vida e foi só para passar um esmalte...
- tá certíssima, viu? salão de beleza é lugar de gente deprimida.

terça-feira, outubro 25

Gente, alguém me explica se é [ou, no caso, ERA] Gaddafi, Kadhafi, Gadafi, Kadafi, ou o que?
Uma loira a menos na face da Terra????



Scarlett Johansson de cabelos pretos e curtos

Voltando...

E então? Sentiram minha falta?

Amanhã eu volto oficialmente das minhas férias. Pela primeira vez na vida tirei os 30 dias. Adorei porque viajei muito pela Alemanha e Rússia. Mas tenho que confessar que isso não é para mim.

30 dias longe do trabalho chega a ser agoniante. Infelizmente sou uma pessoa comprometida demais com o trabalho. Preciso ver isso....

Beijos da gorda!

segunda-feira, outubro 24

mulher de salto alto, gente com cachorro no colo, namoradinhos de mãos dadas numa velocidade de 200 metros por hora, funkeiro carregando aparelho de som [ligado, obviamente], homem com cigarro aceso na mão... tudo isso eu vejo durante as minhas caminhadas aqui na roça. essas pessoas, se alguém não entendeu, também estão praticando a caminhada.

domingo, outubro 23

Mais da Apple Woman.

Não sei se você chegou a ver, mas no Twitter estão aguardando uma declaração sua sobre o Kadhafi...
Sobre quem?

Sobre o ex-ditador da Líbia, Kadhafi....

Quem?

Ka-dha-fi
!
(Silêncio)

O ex-ditador da Líbia, Kadhafi, que foi morto nesta semana...
A notícia está em todos os lugares!
Ah, sobre esse homem aí com o nome difícil eu não tenho o que falar.

faça uma boa ação: envie algum conteúdo para o G1.

sábado, outubro 22

taí o bebê da musa...

... coisa mais fofa.

sexta-feira, outubro 21

já foi lá ouvir e ver se gosta?

- mas eles vão adotar a cachorrinha?
- ah! eles já estavam com ela, ela ficava no portão, aí deixaram entrar... mas ela é muito independente, gosta de sair, dar rolê... some um tempo, depois volta. difícil segurar.
- a minha falecida era assim também. viralata total. hahahaha.
- hahahaha. esses viralatas são difíceis de segurar em casa! mas eles sempre voltam, pois sabem onde conseguem comer bem...
- tanto cães quanto homens viralatas, né?
- hahahaha. verdade.

terapia de pobre

toda a noite faço um mini limpa na bolsa e no quarto recolhendo papéis e outras tranqueiras que juntei durante o dia: notas fiscais, recibos do cartão de débito, aquele jornalzinho de ofertas que o supermercado, o moço no semáforo e/ou a farmácia me deram, cartas e malas-diretas já lidas, de vez em quando aproveito para dar uma conferida nos frascos de produtos de pele, cabelo, etc para ver se tem algum vazio ou vencido... depois junto todas essas coisas e as deixo em cima da cômoda. no dia seguinte pela manhã, uma das primeiras coisas que faço é colocar tudo no lixo. assim parece que estou começando a dar jeito na vida logo cedo. e é assim também que dou início à batalha diária contra a preguiça. até por que, a preguiça, não há dúvida, é meu sobrenome.

quinta-feira, outubro 20

essa dá muita vontade de sacudir o esqueleto.

quarta-feira, outubro 19

já [quase] bastava apenas ser lindo desse jeito, seu moço.


bombeiro faz respiração boca a boca em cão que foi salvo de incêndio. e não é para derreter o coração das moças de família?

mas É CLARO que já tem um par desses morando no meu quarto.

diga aí se não é a coisa mais linda do mundo!

Lips da Lili - pais

resumo da nova novela das seis: um bando de pais insuportáveis e terríveis contra um bando de filhos fofos que por um acaso também são irmãos muito fofos.

*

a palavra "pais", inclui especialmente mães.

*

daí que eu pensei cá com meu botão [que hoje eu só estou usando um], que a gente não tem outra palavra corriqueira para definir pai + mãe além de "pais" mesmo. não tem um parents como em inglês, por exemplo, que não se confunde com um gênero...

*

só vou falar que isso é chato. não vou falar sobre machismo que hoje já me cansei de discutir comercial da hope com gisele.

terça-feira, outubro 18

mas é cada fetiche...


... que a gente fica até tonto.

para quem se interessar [ei, Guga Gomes! Sunga Murcha Versão Fim do Mundo em 2.012, que tal?], fica o link: www.cuelcinha.com.br/

quem manda.....?

Quem manda trabalhar em casa....??? A faxineira fica puxando papo o dia todo achando que estou à toa na vida!!!

E olha que eu acordei cedo, tomei banho, troquei de roupa e fui para o escritório (vide sala de jantar) toda trabalhada na executiva.....





a TPM deste mês está me fazendo ter "brancos" quilométricos na cabeça.
e é isso.
eu queria escrever um texto, mas não sai mais nada. então, é isso.

em breve, o bebê mais bonito do Brasil.



segunda-feira, outubro 17

A fome

Sou uma pessoa que come muito e, claro estou bem acima do peso. Triste, tenho raiva, fingia que fazia dieta mas acabava me auto sabotando e tinha parado com a ginástica. Então, como resolução de Ano Novo (vai ser antes da virada): comecei a academia hoje e também o programa de reeducação alimentar. Espero virar 2011 com alguns quilos a menos!!! Culpa da viagem ao Rio que me fez chorar conchinhas cada vez que eu ohava o povo correndo no calcadão e a muiezada na praia!!!

Embora eu também ache que gravar com Rihanna é fim de carreira...

Chris Martin [Coldplay] disse em entrevista a um jornal britânico que não se imagina gravando outro álbum após ter dado tanta energia na criação do trabalho que será lançado na semana que vem. Chis teria dito na mesma entrevista, que o mercado agora conta com Adele e Justin Bieber, rivais mais jovens e mais cheios de energia. [!?!?!?!]

Por estas razões o Coldplay estaria pensando na possibilidade de dar uma pausa na carreira...

Mas que conversa de bebê chorão, hein, loirão? Pendurando as chuteiras nos ombros do Justin Bieber? Porrãm.

Rá rá ê! Deus é brasileiro!?


Segundo pesquisa realizada por um tal instituto britânico de nome Future Poll, Silvio Santos é a personalidade mais admirada pelos brasileiros na atualidade. O patrão superou nomes como Bill Gates, Angelina Jolie e, vejam só, JESUS CRISTO!

Silvio Santos superando DEUS. O que faremos agora, caros colegas de rebanho?

PARABÉNS aos brasileiros da natação!!!

parabéns aos caras que desenvolveram esta bermuda.

domingo, outubro 16

Não dá nem para alegar que é notícia tendenciosa...

67 bilhões de porcos, aves e vacas são expostos, anualmente, a condições de crueldade, segundo a FAO – Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação, o que coloca esses três bichos nas primeiras posições do ranking dos animais que mais sofrem maus-tratos em todo o mundo.

Os culpados por tanta crueldade? Os consumidores de carne, ovos e laticínios, já que esses animais são maltratados, exclusivamente, para a produção de alimentos. Quem manda o recado é a HSI – Humane Society Internacional-Brasil, que para mudar essa realidade está promovendo no país uma campanha em prol do bem-estar dos animais de produção.

O foco central da ação não é levantar a bandeira do vegetarianismo, mas sim do consumo consciente. Hoje, no Brasil, mais de 70 milhões de galinhas são trancafiadas em “gaiolas em bateria”, que são superlotadas e não tem espaço nem para as aves abrirem as asas. A situação dos suínos não é diferente: cerca de 1,5 milhão de porcas reprodutoras estão confinadas em “celas de gestação”, que são baias individuais de metal onde as fêmeas não conseguem nem se virar. Tanta crueldade é necessária?

“Queremos mostrar que, assim como os cães e gatos, estes animais são sensíveis, sociáveis e inteligentes e, portanto, merecem o nosso respeito. Queremos que, além de reduzir o consumo de carne, leite e ovo, o consumidor se recuse a comprar daqueles que produzem com crueldade”, disse Guilherme Carvalho, que é gerente de campanhas da HSI-Brasil. “Essa é a hora de nos mobilizarmos, porque a previsão é de que, entre 1999 e 2050, a produção de carne e leite dobre. Consequentemente, o bem-estar animal estará cada vez mais comprometido”, completou.

Além de conscientizar o consumidor, a organização também está dialogando com produtores, governantes e varejistas, em busca de mudanças institucionais que garantam o respeito às necessidades básicas dos animais de produção. A HSI ainda atua em uma porção de outros países, defendendo um série de causas em prol dos bichos, como o fim dos testes em animais e do tráfico de espécies selvagens. Conheça um pouco mais do trabalho da organização aqui.


Daqui.

sexta-feira, outubro 14

Tu ainda não viu? Então, VEJA.

No início dos tempos, na parte sul das Américas, habitava um gigante. Um dos poucos que andavam sobre a Terra.

Gigante pela própria natureza, e sendo natureza ele próprio, era feito de rochas, terra e matas, que moldavam sua figura. Pássaros e bichos pousavam e viviam em seu corpo e rios corriam em suas veias. Era como um imenso pedaço de paisagem que andava e tinha vontade própria.

Caminhava com passadas vastas como vales e tinha a estatura de montanhas sobrepostas. Ao norte, em seu caminho, encontrava sol quente e brilhante nas quatro estações do ano. Ao sul, planaltos infindáveis. A oeste, planícies e terras cheias de diversidade. E a leste, quilômetros e quilômetros de praias onde o mar tocava a terra gentilmente, desde sempre. Havia também uma floresta como nenhuma outra no planeta. Tão grande, verde e viva que funcionava como o pulmão de todo o continente à sua volta.

Mesmo diante de tudo isso, um dia, enquanto caminhava, o gigante se inquietou.

Parou então à beira-mar e ali, entre as águas quentes do Atlântico e uma porção de terra que subia em morros, deitou-se. E, deitado nesse berço esplêndido, olhou para o céu azul acima se perguntando: "O que me faz gigante?".

Em seguida, imaginando respostas, caiu em sono profundo.

Por eras, que para os gigantes são horas, ele dormiu. Seu corpo gigantesco estirado, o joelho dobrado formando um grande monte, uma rocha imensa denunciando seu torso titânico e a cabeça indizível, coberta de árvores e limo.

Dormiu até se tornar lenda no mundo. Uma lenda que dizia que o futuro pertencia ao gigante, mas que ele nunca acordaria e que o futuro seria para ele sempre isso: futuro.

No entanto, com o passar do tempo ficou claro que nem mesmo as lendas devem dizer "nunca".
Depois de muito sonhar com a pergunta sobre si, o gigante finalmente despertou com a resposta.

Acordou, ergueu-se sobre a terra da qual era parte e ficou de frente para o horizonte.

Tirou então um dos pés do chão e, adentrando o mar, deu um primeiro passo.

Um passo decidido em direção ao mundo lá fora para encontrar seu destino.

Agora sabendo que o que o faz um gigante não é seu tamanho, mas o tamanho dos passos que dá.
®KEEP WALKING, BRAZIL.


DNA de pinguim.

acho o máximo [not] me enfiar no nordeste brasileiro para passar um frio danado num clima de sol queimando o lombo e uma média de 35ºC. como é isso? ar condicionado exageradamente frio no ônibus, no avião, no quarto do hotel, na van turística, nos restaurantes, nos táxis, na p@rr@ toda... acho in-su-por-tá-vel. detesto passar frio, detesto ainda mais passar frio quando estou vestida para enfrentar o calor.
que tal assumirmos nosso país tropical e pararmos com essa pobreza de abrir franquia do pólo norte em cada ambiente fechado? refrescar o ambiente está ok. combinar blusa de frio com biquini IS NOT. e viva o sol, o bloqueador solar, o coco geladinho, o ventilador, o chapéu, os produtos capilares com proteção UV e a vitamina D!

Adorei hein!

Celeste, abandonada no altar pela QUARTA VEZ, roda a baiana, rasga o vestido e sai da igreja de lingerie ao som de Adele.

Dois noivos abandonam as noivas no altar e fogem com dois caras por quem são apaixonados, num fusca, ao som de We are family.

quinta-feira, outubro 13

páginas da vida da gente.

mas será que a doninha vai virar um fantasma de novo, produção?

o último grito da moda entre os famosos é confessar [como prova de que já lutou muito para superar todos os sofrimentos da vida até chegar onde chegou] já ter sofrido bullying.
sendo que, hoje, tudo é chamado de bullying.

Eita, Pepsico!!!

Isso é o que eu chamo de oferecer uma alimentação diferenciada para a clientela.

A coisa tá feiona, hein, coleguinhas?

uma belezinha, podem acreditar.

para encarar sol escaldante de nordeste brasileiro, me joguei na linha PROTECTION SUN da VULT com proteção UV. bom demais o negócio viu! atesto e dou fé.
cada um dos frasquinhos custa algo em torno de 10 contos [sim! só isso!] e deixa os cabelos macios, macios e muito cheirosos.
nem precisava dizer mas, a vult não faz testes em animais e esta linha não tem nenhum componente de origem animal, segundo o SAC da empresa.
recomendadíssimo, inclusive para veganos.

no aeroporto.

mocinha com cerca de 15 anos de idade e sotaque nordestino, na sala de embarque, depois de me olhar sem parar na fila do check-in:

- oi, moça!
- oi...
- deixa eu te perguntar uma coisa?
- o que?
- quantos anos você tem?
- oi???
- quantos anos você tem?
- 28... por quê?
- nossa, não parece! você é tão branquinha!

***

bom dia, de volta à rotina! ninguém mais trabalha neste blog, hein.

terça-feira, outubro 11

Uma pequena pausa...



Gente, Lilibeth já deve estar voltando. E eu tô indo por uns dias, viu... no fim do mês estou de volta, cheia de novidades.
Até breve, amores!!!

Dicas

Alguém tem dicas de programas bacanas e baratos nesta semana no Rio de Janeiro???

segunda-feira, outubro 10

desculpem o sumiço...

... ando um pouquinho ocupadinha por esses dias...

Two year old doing what she loves. Dancing

Faça o que você ama!!! Em qualquer idade!!!!

Bom dia Segunda-feira!!!!

quinta-feira, outubro 6

Em memória dos bichos...



O autor é José Rezende Junior. Definições que são pequenas jóias, um afago de delicadeza para quem ama os animais...

A SOMA DE TODOS OS MEDOS
O mendigo velho e seu velho cão compartilham tudo. Sobretudo o medo que o outro morra primeiro.

PARTILHA
Na separação, eu e o cachorro ficamos com meu pai; minha irmã e o gato, com minha mãe. E cada um de nós passou a ser só metade.

CUMPLICIDADE
Escondeu a gravidade da doença fingindo passear todo os dias com o cão. Ninguém notou que, perto do fim, era o cão que passeava com ele.

FÁBULA
O gato abriu a gaiola e deu fuga ao passarinho. Estranhando a bondade do gato? Pois me assusta é a maldade de quem prendeu o passarinho...

MIGUILIM
Meu cachorro conversa com o vento. Não dizem nada um ao outro. Apenas deixam que os desejos se toquem.

LEÓN
O danado do gato dorme dentro da gaveta. Toda vez que a menina procura os óculos de gatinho, o que ela encontra é um gatinho de óculos!

LAÇOS DE MATILHA
Adotou dois vira-latas e dois gatos de rua. Nenhum dos quatro se envolveu com drogas ou más companhias. E todos cuidaram dele na velhice.

SEXTA-FEIRA DA PAIXÃO
Olhou-me com olhos de peixe morto, mas estava vivo quando o tirei do anzol. Morreu foi depois, de saudade do rio.

REVOLUÇÃO DOS BICHOS
Uma só patada - e ele partiu ao meio o domador com seu chicote. Em seguida, de nojo, recusou-se a comer-lhe a carne.

MATADOURO
O patrão botou culpa ni'mim, mas os bois e as vacas é que tramaram tudo. E foi tão bonito ver a carinha alegre deles na hora da fuga!...

Um homem de bem



Doutor Ivan foi meu colega de escola durante muitos anos, quando éramos muito crianças. Era gordinho, esquisitão, inteligentíssimo, não possuía nenhum atributo físico interessante e, desde muito novo, extremamente generoso. Falava sozinho, com as folhas e com o vento, era muito estudioso e por conta disso, vítima de brincadeiras, escárnio e até alguma agressão, coisas que hoje são conhecidas por bullying. Ivan nunca pareceu se importar. Sempre amável com todos, muito educado, sorridente com quem o abordava, gentilíssimo, com a voz sempre baixa e pausada, um pequeno gentleman, desde os dez anos de idade.

Não foi surpresa para ninguém ele ter sido aprovado muito novo, entre os primeiros lugares, na federal de medicina. O garoto gordinho virou um homem grandalhão, desengonçado, mas soube manter o olhar sonhador dos tempos em que falava sozinho no pátio da escola e anos mais tarde, também não causou surpresa a ninguém a notícia de seu casamento com uma moça doce e tímida, também médica, como ele. Ivan se especializou em oncologia infantil. Talvez a especialidade mais difícil e a que mais exija de um profissional. Não consigo imaginar nada que possa ser mais destroçante emocionalmente do que cuidar de pequenos anjinhos condenados precocemente e sofrendo as dores mais profundas que possam existir. Por outro lado, não consigo imaginar ninguém melhor para lidar com essas crianças, com famílias desesperadas, do que o competente e bondoso Doutor Ivan.

No primeiro reencontro da nossa turma de escola, muitos anos depois, foi ele que organizou tudo. Ao ligar para ele, depois de quase uma década de afastamento, para tratar de detalhes sobre depósito de dinheiro, local, etc, ele imediatamente reconheceu minha voz – orgulhoso, disse que eu já era a oitava que estava ligando, e que ele até agora havia conseguido reconhecer a de todos; e ficava feliz por perceber que ainda mantínhamos algo da nossa infância. Levou para o encontro o uniforme escolar que usávamos, antigas apostilas, a mochila com o emblema da escola, e nos fez lembrar de tempos felizes, aliviou um pouco as nossas angústias adultas, as nossas dores do amadurecimento. Exatamente da mesma forma como, provavelmente, fazia com seus pequenos pacientes doentes e desenganados.

Mais uma década se passou, e dessa vez eu não pude ir ao novo encontro da minha turma. Mas soube, depois, que o Doutor Ivan resolveu dar uma guinada na sua vida. Ele não aguentou o cotidiano de convívio com as crianças doentes. Por mais generoso e preparado que fosse, tanta dor, todos os dias, o estava matando por dentro. Fez outra faculdade, e hoje trabalha apenas na parte administrativa do mesmo hospital em que trabalhava como médico. Abriu mão do heroísmo, do reconhecimento, dos elogios, do status, do alto salário para poder continuar vivendo com um pouco mais de paz, de serenidade, sem com isso deixar de continuar trabalhando naquilo em que acredita.

Imagino que deva ser extremamente difícil desistir de uma carreira de sucesso, abandonar o status de uma profissão reconhecida e começar de novo em um posto mais humilde, desempenhando uma função menos valorizada. Penso em como deve ter sido difícil admitir que era demais para ele, reconhecer que ele não conseguia lidar com tanto sofrimento, e desistir de lutar com as próprias emoções, e é por isso que admiro tanto meu amigo Ivan. Para mim, a decisão de ser feliz, de reconhecer uma limitação, de buscar um caminho melhor e não necessariamente o mais brilhante, só faz aumentar toda a nobreza que sempre atribuí a ele.

Daqui a dez anos, quem sabe, volto a encontrá-lo em alguma nova reunião de turma. E espero encontrar um senhor feliz, cheio de filhos (sei que ele já tem três!!), e com a mesma generosidade e delicadeza de sempre. Provavelmente será ele que nos fará voltar a ser, por um dia, aquelas crianças felizes que já fomos há muito tempo atrás. Porque afinal, passados tantos anos, eu só consigo pensar no quanto teria sido bom para nós se, como ele, também tivéssemos passado mais tempo buscando a felicidade fazendo o bem, ignorando agressões, praticando a gentileza e conversando sozinhos... com as folhas, com o vento.

Gastronômicas



Na segunda, só uma saladinha - pouca coisa em casa, preguiça de sair pra comprar, preguiça de inventar moda. Pra não ficar muito sem graça, piquei em cubinhos tomate e pepino, ambos sem sementes, para evitar que no fical ficasse tudo muito encharcado, uma cenourinha ralada, alface crespa e roxa, pequenininhas, bem picadinhas (o pão de açucar agora vende essas verduras na versão baby, pezinhos pequenos com folhas bem tenras... adorei, além de lindas são muito verdinhas, fresquinhas... demais!), um pedaço de queijo minas esfarelado, duas latas de atum bem escorridas e desfiadas, e só azeite pra temperar. Tudo bem misturadinho, facílimo, rápido... ficou tão bom!!

Terça, comidinha caseira, bem da dieta. Tenho feito arroz e feijão uma vez por semana e divido tudo em vários potinhos para acabar no máximo em um ou dois dias. Congelo tudo e vou tirando os potes conforme a necessidade. Tiro de manhã cedo e na hora do almoço já está descongelado, é só aquecer no microondas. Como a salada de segunda ficou boa, repeti a dose, desta vez sem o queijo e o atum. Só as verduras e legumes mesmo. E a boa e velha carninha de regime. Carne moída magra, moída duas vezes, feita com zero de oleo e gordura, temprerada só com um salzinho, um tiquinho de pimenta e, para dar gosto e ficar diferente, uma boa colherada de mostarda dijon. Deixo na panela até ficar sequinha e bem marronzinha. Não leva mais que 10 minutos, e o trabalho é zero. Não sei explicar, mas um pratinho de arroz com feijão e uma carninha refogada, tudo fumegante, acompanhado por uma saladinha fresquinha dão uma sensação tão boa, tão reconfortante...

Ontem à noite cortei berinjelas em fatias, coloquei para grelhar no grill, só levemente untado com azeite, e fiz uma bela lasanha de berinjela, sem massa nem queijo, bem leve... no pirex untado com azeite, fatias de berinjela, peito de peru, molho de tomate, umas azeitonas, depois mais duas camadas de cada. Por cima, tomate em rodelas, azeitonas, orégano e grãos de pimenta rosa e branca e cinco minutos de microondas. Claro que se eu tivesse polvilhado tudo com um belo parmesão e colocado no forno normal teria ficado muito mais apetitoso, mas simplesinha assim ficou com metade das calorias, o cheiro ficou delicioso, o aspecto idem, e no fim estava bem gostoso...

A gente às vezes até esquece o quanto é bom preparar uma comida, almoçar e jantar em casa, uma coisinha simples, mais caseira. Tão bom, gente... tão bom. Tô aqui pensando o que eu vou fazer hoje à noite... meus dias de cozinha estão sendo muito agradáveis.
23h. salvei minha casa de um grande vazamento de gás.
01h. não conseguia dormir por conta de um barulhinho insistente que descobri ser de uma barata passeando atrás do meu guarda-roupas.
01h15. quando estava chegando com a barata [empurrada na vassoura] na área externa da casa, vi que ela tinha uma amiguinha esperando por ela no jardim.
01h25. crise de choro e insônia. socorro.

quarta-feira, outubro 5

depois eu chamo crianças de terroristas e levo esporro.

eu nunca assisti CSI...


... mas imagino que deva ser algo parecido com o trampo dos policiais em O ASTRO, assim, com câmeras em todos os lugares tipo o SHOW DE TRUMAN e essas coisas... é mais ou menos isso?

terça-feira, outubro 4

Pippa Middleton aparece deslumbrante em vestido vermelho

Não vejo onde que tá a deslumbrancia toda......

A mancheta é daqui

segunda-feira, outubro 3

Bora arrumar alguma coisa útil pra fazer, bebê??



Hoje é dia de rock, bebê!

Não se fala em outra coisa. De acordo com blogs, jornais, revistas e programas de fofoca, esta é uma frase polêmica. A assessora de imprensa de Christiane Torloni avisou que ela não iria mais se pronunciar durante o festival. Comoção no meio artístico. Colegas se manifestam para defender a atriz...

Escuta, minha gente, alguém pode me explicar onde está a polêmica??? Que bobagem é essa, onde que alguém encontra material pra criar confusão numa frase dessas?? Estão defendendo Christine Torloni de que?? O que tem de tão sério nessa frase que determina que ela, depois disso, não pode mais dar entrevista, nem falar mais nada???

Achei a frase ótima, divertida, simpática, bem no espírito do Rock in Rio, digna de entrar pro rol das melhores do ano, completamente inocente e boba, meio nonsense...

Ninguém sabe mais se divertir, meu povo?? Onde?? - alguém me explica - onde?? está a polêmica nessa frase?! Que coisa...

domingo, outubro 2

a bagunça tá feita.



o modelo mais confortável que a melissa já criou, em amarelo e rendinha.
já está parcelada no meu cartão.

por que barbudos são sempre uma boa pedida.