domingo, julho 27

Passion Pit e o clipe fofo de Carried Away

Perro Callejero

Por um acaso descobri que hoje, último domingo do mês de Julho, o Chile comemora o Dia do Cão de Rua. O data foi criada em 2008 pela iniciativa do estudante chileno Ignacio Gac ao convocar pessoas para prestar alguma assistência aos 'perros' abandonados.

A iniciativa parece ter sido um sucesso, pois, ainda hoje, 6 anos após a criação da data, a hashtag #PerroCallejero (cão de rua) continua movimentando as redes sociais. E que tal aproveitarmos o dia para fazer a nossa parte por esse amorecos também aqui no Brasil? Uma cama, um potinho de água, uma consulta a um veterinário ou um jantar especial para aquele cãozinho da sua rua... Um dia de trabalho voluntário em um grupo de protetores ou uma doação para algum protetor que você confie... Quem sabe até adotar um cãozinho! Tudo o que estiver dentro das suas possibilidades, não deixe de fazer. O seu melhor amigo agradece.


quinta-feira, julho 24

Tá tudo bem, gente. Somos seres maravilhosos e "a Terra está sendo dizimada de maneira implacável – não pelos recorrentes processos naturais de extinção; e sim pelas atividades antropogênicas."

Daqui.

domingo, julho 20

Hoje estou pop. Sia - Chadelier.

sexta-feira, julho 11

domingo, julho 6

Daughter - Home.

terça-feira, julho 1

E o Orkut?

O ano é 2014 e o Orkut é aquela roupa quentinha e confortável que por alguma razão - e já há algum tempo - não dá mais para ser usada. Sei exatamente onde ela está guardada no meu quarto, lembro-me de muitos dos seus detalhes, mas sempre que a pego nas mãos acabo redescobrindo alguma coisinha que estava perdida na memória, uma imagem na estampa, algum rasguinho não costurado, algum momento vivido dentro dela, quando essa coitadinha, hoje fora de moda, ainda me vestia bem.
A notícia de que em pouco tempo o site da argolinha cor-de-rosa deixará de existir deu uma fisgadinha no meu coração. Estão me forçando um desapego que eu não dou conta de praticar. Tenho minha senha na memória até hoje, gente! Nenhuma outra rede social substituiu os fóruns divertidíssimos das comunidades do Orkut (deixo registrada essa queixa tardia). Depois do Orkut, apenas este blog (no qual estou fazendo respiração boca a boca já faz tempo) me aproximou de tanta gente real. Sinto saudade até do "bad bad server, no donuts for you" que na época me matava de raiva.
Nos próximos dias o site deverá ter picos de acesso como há muito não se via: serão os últimos momentos de felicidade desse amigão www.orkut.com. Mas sem ilusões, companheiro, esse movimento é apenas das pessoas recolhendo seus pertences antes que a casa seja finalmente demolida. Salve suas fotos prediletas! Dê uma última olhada nas comunidades que você participava, nos perfis dos amigos que ainda estão por lá, seus depoimentos, seus scraps, veja se não esqueceu nada e bye-bye! Fim.
Que dura a vida de redes sociais nesses tempos tão cheios de novidades. Não desejo um triste fim nem pro G+, esse bastardinho. Quanto ao Orkut: valeu amigão, você foi muito massa. Que a sua passagem seja tranquila e que você vá morar num lugar menos ingrato que esse mundão da internê.