sexta-feira, dezembro 26

(44 graus a sombra)

só pra dizer que tirando a catapora/virose/herpes/fungo do piá menor, o calor, o cansaço do piá maior, as quase dez horas de viagem e a excitação da avó traduzida em doces, mousses, tortas e cerveja gelada, tudo isso oferecido ao pequeno pra minha loucura, obviamente, a vida corre bem aqui na terra do nunca banhada pelas águas escuras do uruguai. bem bem.
papai noel foi bonzinho? se comportou?

quinta-feira, dezembro 25

Da série: Obrigada PELA FOTO...

... já estou me sentindo melhor.

Não poderia deixar de mencionar: Madonna, alçando vôo no show de Sampa. Olhando para estas pernas eu fico muito mais feliz com as minhas.


Obrigada!

segunda-feira, dezembro 22

Feliz natal!



sábado, dezembro 20

no verão sair pra pescar



(e então se fez a felicidade e se foi feliz)
*
*
com sua licença e minha pouca modéstia digo que já dancei essa música aí com ele. não, não era sonho. estava acordada. verdade verdadeira.

quinta-feira, dezembro 18

enquanto isso no consultório

mas pai e mãe o que vocês fizeram foi piorar o quadro dele, entenderam? usaram a coisa errada de forma errada... mas vamos lá, vamos resolver isso
*
*
preciso dizer como o peão se sente depois de ouvir isso? preciso?

terça-feira, dezembro 16

das coisas da minha profissão!



acabo de chegar do rally dos sertõesratões, na região carbonífera do estado. era navegadora da minha equipe, obviamente. pensem numa estrada de chão (muitos, muitos quilômetros) com poeira vermelha comendo solta, numa pessoa faminta e num calor dos infernos. pensem.

segunda-feira, dezembro 15

Queima de arquivo


O delito eu não conto, mas a dita sabe.

l'oréal 32.2 champagne claro

sou loira. bem loira. loiríssima desde sempre, com alguns hiatos, vale dizer, sempre traumáticos e que acabavam com cabeça raspada e ranger de dentes. explico, não é nada prático, moderno ou versátil ser loira de casa, nossas opções de tonalização são ridículaspouquíssimas porque, apesar de todo o avanço estético capilar, não existe nada que clareie nossos cabelos cor de sol, novamente, depois de qualquer processo, com um mínimo de diginidade, entenderam? tipo assim, se eu passar uma tinta castanha, preta, vermelha ou azul, em duas semanas estarei com as raízes brancas aparecendo e não vou poder passar um loiro por cima porque não vai pegar, saca? claro que sempre se pode deixar a cabeça cozinhar na água oxigenada volume 374, mas eu disse que queria um mínimo de dignidade, né? pois então, não dá. ou se fica branca cara de vassoura maluca gwen stefani, aguilera e sei lá mais quem, ou se passa a vida toda com a mesma cara de alemoa sem sal nem açucar, só cortando e fazendo franja, mullets e mais nada.
todos os outros tons permitem isso a todas as outras mulheres, o loiro não. isso é justo? me digam, é justo?
de mais a mais cabelo loiro fica verde na piscina por causa do cloro e não é nãnãnão um verdinho discreto é verde mesmo, uma coisa medonha, já viram? no cabelo loiro o piolho aparece mais (isso é nojento eu sei, mas fui uma criança com cabelos até a cintura cor de neve e muito, muito piolhenta, sofri demais nesse período neocid é meu pastor da minha vida, demais mesmo. tipo trauma e tal), pessoas loiras como eu, normalmente, não tem cílios e nem sobrancelha e isso também não é nada bacana e nos priva, novamente, de mil coisas e incursões no mundo da maquiagem e aí, por mais que você seja uma pessoa desencanada de toda a baboseira acima exposta, tem dia, tipo hoje, que dá vontade de desabafar a respeito, sabe?
*
*
ah, tava esquecendo de comentar que quando, mesmo sabendo o que vai rolar depois, nos decidimos a pintar o cabelo, escutamos, porque o ser humano é bisonho, sempre a mesma coisa da tia do salão: mas minha filha, essa sua cor é a dos sonhos de todas as mulheres que chegam aqui. por que você vai estragar seu cabelo? lê uma revista e pensa melhor.

domingo, dezembro 14

o galo da vizinha está cantando

duas horas da manhã, bêbada de sono, sem banho... já assisti ao último capítulo de capitu. gostei. li os três primeiros capítulos do livro da fal. deprimi. comi quatro panquecas de queijo, tomate, azeitona e molho branco e em seguida um copo de vaca preta.
[não venha me dizer que não sabe o que é vaca preta]
milhões de dúvidas e incertezas sobre tudo, sempre me deixam louca. desde o escolher a cor de um canudo, até decidir o rumo da vida. aposto muito alto em certas coisas, faço projeções e qualquer imprevisto me derruba, me deixa em dúvida. e a dúvida, pois é, me deixa louca.
conversei um pouquinho com o bowie e isso sempre me faz bem.
[é muito sintomático isso de criar laços estreitos com gente que está longe no mapa]
eu só queria coisas mais fáceis. algumas coisas, apenas. com resto, tudo bem, eu me lasco. não é um pedido tão absurdo, é?

sexta-feira, dezembro 12

Lips da Lili

[trilha sonora: little joy - brand new start]

Sobre a banda aí de cima, algo a comentar: pensei que nunca olharia para o Amarante e diria "nossa, como tu tá feio, rapá!", maaaaaaaaaaaas, pois é.

E como diz uma amiga do Rio:
"Garçom! Hoje eu quero uma coisa forte! Me desce um Nescau Power!"

Lanchinho da tarde:
Uma caneca [novinha, estampada com duas caveirinhas apaixonadas] cheia de leite e Nescau Power;
Três bisnaguinhas recheadas com Becel sem sal;
Um comprimido de Metronidazol.
I.N.F.E.C.Ç.Ã.O.U.R.I.N.Á.R.I.A.

Orkut me diz:
Sorte de hoje: A pontualidade é a virtude dos entediados (mas se você for a uma entrevista de emprego, não se atrase)
Hã! Ele também anda engraçadinho assim com vocês???

Ganhei um livro da Fal de Natal. Na realidade ganhei da Adelaide. E na verdade ele é da Joelma. Confuso?
Me tchu.
Isso porque o Papai Noel nem entrou na parada. Vejam bem.

quinta-feira, dezembro 11

Shinny moon


Já viram a lua hoje?

quarta-feira, dezembro 10

a comédia da vida (nada) privada

amor, tu queres saber uma coisa engraçada, curiosa, ridícula e até um pouco patética?
não sei, queres me contar?
preciso saber primeiro se queres saber.
tá, conta vai. quero saber, sim. quero saber muito.
a quéliki tá dando em cima de mim!
que? que? que?
eu avisei que era uma coisa engraçada, curiosa, ridícula e até um pouco patética, não avisei?
*
*
quéliki é a feliz proprietária vinte e poucos anos, loira falsa, bunduda, peituda e usuária de piercing no umbigo do estebelecimento de ensino infantil onde meu filho passa o dia.

De novo, só pra testar


Aqui a rua da cirrose, onde ninguém se intimida em acender unzinho (daqueles).

Pirenopolis


Saca o visu!
(Se o negócio é ter tempo pra postar, vamos ver se por celular a coisa melhora.)
Nessa ruazinha cada casa é uma loja. Quer dizer, na sala é uma loja. No resto da casa, é a casa mesmo. As atendentes são as filhas, netas e até as próprias moradoras. Na hora do almoço dá pra brincar de adivinhar o que vai rolar de almoço, porque o cheiro das panelas invade a "loja". Tudo num clima muito histórico, do tempo da escravidão e piso de tábua corrida. E chão de pedra que faz o carro trepidar até a última repimboca da parafuseta. Alegria do mecânico da cidade grande. Recomendo o passeio. Dica de hospedagem: SESC.

terça-feira, dezembro 9

acho digno

mazááááááá.

segunda-feira, dezembro 8

a salvação da lavoura intestinal




dez dias de virose. dez dias de chororô. dez dias de noites capengas. dez dias de peso sendo perdido aos gramas, mas ainda assim perdido, diariamente, apesar da alimentação continuar bombando, e por aí vai. mas, mas, mas quem disse que seria mole igual sentar no pudim, né?

sexta-feira, dezembro 5

a comédia da vida (nada) privada

baby, tu viu que meus peitos ficaram ainda menores do que eram antes da gravidez, depois que parei de amamentar?

não, não reparei. mas se for assim no próximo bebê eles vão ficar como? negativos?
*
*
CA-SA-MEN-TO.

quinta-feira, dezembro 4

a américa é vermelha, de novo.


Glória do desporto nacional
Oh, Internacional
Que eu vivo a exaltar
Levas a plagas distantes
Feitos relevantes
Vives a brilhar
Correm os anos, surge o amanhã
Radioso de luz, varonil
Segue tua senda de vitórias
Colorado das glórias
Orgulho do Brasil


É teu passado alvi-rubro
Motivo de festas em nossos corações
O teu presente diz tudo
Trazendo à torcida alegres emoções
Colorado de ases celeiro
Teus astros cintilam num céu sempre azul
Vibra o Brasil inteiro
Com o clube do povo do Rio Grande do Sul

terça-feira, dezembro 2

"...debora, aqui parece uma cidade fantasma..."

gente, não é todo mundo que sabe, mas minha irmã mora em santa catarina, ao lado de itajaí, um dos municípios mais atingidos pela tragédia, e as coisas por lá, segundo ela, são infinitamente piores do que os meios de comunicação estão mostrando. ela, graças a deus está bem e não perdeu nada, mas não tem aula na faculdade há mais de duas semanas e teve dezenas de colegas que perderam tudo. vamos fazer alguma coisa por nós e por eles, vamos?
aí estão as contas pra depósito, o melhor a fazer agora, já que, também segundo minha irmã, as cidades estão cheias de comidas e roupas, agora é preciso doar dinheiro, mesmo.


Caixa Econômica Federal
Agência 1877; operação 006; conta 80.000-8

Banco do Brasil
Agência 3582-3; conta corrente 80.000-7

Besc
Agência 068-0; conta corrente 80.000-0

Bradesco
Agência 0348-4; conta corrente 160.000-1

Itaú
Agência 0289, conta corrente 69971-2