quarta-feira, janeiro 31

Da série: As Outras Divas

Ingrid Bergman

Lips da Lili

Clint Mansell e a trilha sonora de Réquiem Para Um Sonho. No rádio.

Mas hoje eu acordei com uma vontade de armar barraco com qualquer gerente do Banco Bradesco.

Finalmente, né, a Olívia beijou o Léo.

E o tio Maneco afirmou que não concorda com o que andam dizendo, que não acontece nada na novela. Então tá. A gente é que sabe, tio.

Ontem à noite assisti ao nacional Cabra-Cega com Leonardo Medeiros (de quem eu sou bem fã). Achei muito bonito e emocionante, vale a pena assistir.

O DVD acima foi adquirido por R$12,99. Aí, pensei com os meus botões, no mesmo dia paguei R$ 13,00 para assistir a um filme no cinema e R$ 12,99 para ter um filme pra sempre na minha casinha.
Tem alguma coisa errada, não sei onde.

Começando hoje O Opositor de Luis Fernando Veríssimo.

Sempre achei engraçado o seu sobrenome.
“É vero? Veríssimo”.

Níquel Náusea (www.niquel.com.br)


pela bola sete, literalmente.

domingo as meninas livia, a festa móvel e ana a mal secreto, sem links, por supuesto, estiveram na casinha dos jacarandás. coisas fofas, jesus. coisas fofas.
*
*
samba, suor, ouriço e desemprego, por aqui, na terra de kleiton e kledir.
há de passar, antes do carnaval. só pode.
as camélias, todas, já cairam dos galhos.
*
*
babel e o perfume, logo mais, pra mim. "num" excrusivo e estimado patrocínio de dona adelaide. mimosa, aquela doméstica desbocada, que só vendo. palavra.
*
*
hoje tem posse no legislativo dos gaúchos. o conduto de armas, peninha, continua proibida. bom pra eles.
*
*
luigi pirandello. ditinha recomenda, no hotel morreu um fulano, novella deliciosa sobre um hotel tomado por caixeiros-viajantes, provincianos e uma senhoura que deseja saber, ugentemente, se a bordo a gente passa mal ou bem.
*
*
minha carcaça possante, aqui, diz tchau. até mais ver.
bom dia!

terça-feira, janeiro 30

Câmbio.

Dona Dita, a maninha linda e loura, está com problemas ao acessar este blogger maldito. Mas não esquece de ninguém, amados, eu que sei. Está é louca pra publicar alguma coisa, mas não consegue.
Segue mensagem que a dona me mandou por e-mail, para conhecimento de todos:

(desisti, mesmo)
ao menaaas por hoje, antes que eu quebre esta porrrra. vou retirar-me bem phena.


só faça um post de urgência pra mim, indicando a todos pequena miss sunshine.
e é sério. é coisa amarela e fofa demais. com uma menina que usa botas de cowboy vermelhas e tem uma pança que dá vontade de morder até sempre.
por favor.


Entenderam o recado? Ok.
Câmbio, desligo.

Corra...

... pro cinema.

segunda-feira, janeiro 29

Lips da Lili

I’m only happy when it rains. Este fim-de-semana teve maratona O Poderoso Chefão, intercalada por Edukators e Friends. All by myself. Adoro.

Devo ter engordado uns 2 quilos com tanta batata. Obrigada a todos pelas receitas deliciosas!

Alguém pensou em mim ao ver as toneladas de batatas sendo jogadas num lixão? Um pecado, sim, mas não pude conter o riso.

Fui a uma choperia no sábado e pedi, achando ter feito um grande negócio, um petisco de mussarela de búfala com orégano por R$ 2,00. A garçonete chegou com o prato na mão já pedindo desculpas por que a porção era “só aquilo mesmo”: um prato enorme com uma folha de alface no centro e UMA bolinha de queijo com tomate seco. Muito riso na mesa e a cretina ainda me leva o prato antes de terminar de comer a alface.

Chove chuva, chove sem parar. Horário de almoço, sem carro, sem guarda-chuvas e sem nenhuma lasanha Sadia no congelador. Ô bosta.

Estou melhor. Bem melhor. Obrigada a todos. O post abaixo, literalmente, já passou.

sexta-feira, janeiro 26

L.

E está tudo de um jeito aqui dentro, que uma mínima manifestação de carinho enche o peito e faz sorrir. Também ocorre, em qualquer episódio desagradável, um desabar de ombros e baixar de olhos.
Deixo, sim, os cabelos vermelhos pra mostrar que há Vida e há Sangue aqui dentro.
Porque comigo não há revelações se houver palavras. Apenas se houver olhos.

quinta-feira, janeiro 25

Ontem lá em casa.

10h30m. Vovó vai ao supermercado com o vovô, de moto (pois eles são mudérnos e amados que só vendo!) e encontra batatas em promoção, R$ 0,39. Pensou “por que não levar um tantão?”. Voltou para casa, dona vovó, carregando 8kg de batatas nas coxas.

19h. Mamãe vai ao supermercado, de carro, com o namorado (pois ela é mudérna e amada que só vendo!) e encontra batatas em promoção, R$0,39. Pensou “por que não levar um tantão?”. Voltou para casa, dona mamãe, carregando 5kg de batatas no banco traseiro.

12h30m do dia seguinte. Todos os queridos freqüentadores do Filhas do Dono mandam mensagens com receitas deliciosas (e sem carne) para a caixinha de e-mail desta filha e desta neta que está com 13kg de batatas na fruteira e só sabe fazer nhoque e purê.

lilicheveuxdefeu@yahoo.com.br

quarta-feira, janeiro 24

COMPENDIO DO MELHOR... POR ENQUANTO


(maria bonita extra)

(maria bonita extra)

(athria gomes)

(layana thomaz)

(ronaldo fraga)

(juliana jabour)

(juliana jabour)

(theodora)
*
*
o mundinho tá que tá e soube, há pouco, que a organização da spfw, que começou hoje, está exigindo das meninas, "exames" que comprovem a boa saúde das mesmas. vejamos.
*
*
estou lendo alguns contos. coisas ótimas, lindas e fáceis, que sou do tipo, lamento a decepção, que gosta disso. as estórinhas funcionam bem com cerveja ou suco de uva gelado e lugares arejados.
(olha o silviço do que a tia dita está lendo e corre procurar)
Mar de Histórias (o título foi retirado de uma saga indiana do século XI), antologia do conto mundial, publicada em dez volumes ao longo de quarenta anos. os contos, traduzidos por paulo rónai e aurélio buarque de holanda, foram organizados cronologicamente, das origens ao fim da idade média até o após-guerra.
*
*
banho de mar é coisa das mais terapêuticas, né não? êita.
*
*
e a (pretensa) ana paula arósio cover dançou, então?
e o bial que, minha gente, não posso crer, ainda usa as mesmas sandálias do bbb passado? deus defenda.
*
*
espetinho de camarão "dá" um sono, uma preguiça, uma "lézzera". palavra.

Zapeando.

>> Eu quero é botaaar... meu bloco na ruua. Brincaaaar, botar pra gemer.

>> Eu nasci com uns 40 anos de atraso. Com toda a certeza.

>> Falando nisso, tem gente boa fazendo um som pra relembrar os antigos carnavais: www.orquestraimperial.com.br

>> Um programa de TV muito bacana, o Sr. Brasil, é apresentado por Rolando Boldrin na TV Cultura, toda terça-feira às 22h30.
www.tvcultura.com.br/srbrasil

>> Não que eu acredite em transparência nesse tipo de evento (Crash ser considerado o melhor filme do ano passado, por exemplo, pra mim foi brincadeira!), mas achei um absurdo a Academia ignorar uma indicação de Melhor Filme para Filhos da Esperança.

>> No cinema, saíram também os indicados ao Framboesa de Ouro, que elege os piores do ano. http://omelete.com.br.

>> Risadas especiais para a indicação de Sharon Stone no quesito Pior Par. Os indicados:
Tim Allen & Martin Short (Meu Papai é Noel 3)
Nicolas Cage & a fantasia de urso (O Sacrifício)
Hilary Duff & Haylie Duff (Material Girls)
Os seios de Sharon Stone (Instinto Selvagem 2)

>> Exposição fotográfica de Luiz Braga. Mais imagens neste link.


terça-feira, janeiro 23

Tá me zoando?

segunda-feira, janeiro 22

Filosofando.

Ou "Uma resposta ao Sr. Gustavo Gomes (também conhecido como Sunga Murcha)"

“Tem coisas na vida que a gente pode mudar com um pouco de esforço. Outras só com muita plástica.”
[by Lili Cheveux de Feu]

Aviso prévio

Faça-se constar que em caso de a Srta. Cheveux de Feu efetive seus planos de encurtar, alisar e empretejar seus rubros fios, este mero serviçal não se responsabiliza por seus próprios atos.

terra de anita, aquela garibaldi.



(logo, logo, eu volta, seus bacanudos)

Lips da Lili

Trilha sonora. Franz Ferdinand.

Tomei uma Tequila, pela primeira vez na vida, no sábado à noite... e adorei.

Queria estar lá para ver. Pela primeira vez em 1,6 mil anos, devotos dos antigos deuses gregos realizaram neste domingo uma cerimônia oficial no Templo de Zeus, na capital da Grécia, Atenas.
Detalhes aqui

E falando em deusa, agora é definitivo. Experimentei uma peruca de fios curtos e lisos e fiquei bem linda, amigos. Sabe Natalie Portman no começo de Closer? Então. Quero o meu daquele jeito, cor e formato.

Lembrando o que Fernando Anitelli sempre diz nos shows do Teatro Mágico: a gente vê propaganda na TV, na revista, nos outdoors e pensa que ficar igual à modelo do anúncio.

Pablo Villaça fez um desabafo bem emocionante lá no blog dele.
Eu que deteeeeeesto o Sr. Rubens Ewald Filho, encaixei o nome do patife numa das partes do texto (impossível não se lembrar dele imediatamente) e fiquei irada, mais uma vez.
O espaço de atuação do Pablo é tão pequeno se comparamos seu talento com a incompetência do Rubens...

O pior é ver esta injustiça acontecendo com tanta gente.

sexta-feira, janeiro 19

Encaixe.

"Corre calma severina noite
De leve no lençol que te tateia a pele fina
Pedras sonhando pó na mina
Pedras sonhando com britadeiras
Cada ser tem sonhos à sua maneira"

Trecho da música "Noite Severina" de Lula Queiroga e Pedro Luís

quinta-feira, janeiro 18

O Labirinto do Fauno

Não me tocou nunca, em nenhum momento. Ao contrário, só me fez sentir nojo pelos exageros, pelas cenas extremamente violentas, pelas interpretações sem graça da maioria do elenco... Aí vem um amigo e me diz que isso é coisa do diretor, coisa de estilo do diretor. Então vá pro inferno. Não quero ver mais nada dele não.

Aprendi nas aulas de teatro que (a não ser que a intenção seja justamente esta) não adianta dar um berro em cena, pois isto só vai servir para fazer o público pular da cadeira e se desconcentrar do espetáculo. Daí, até recuperar a atenção do público assustado – SE conseguir recuperar – é um tempo que vocês (público e ator) acabam perdendo.
É preciso ir trazendo o grito aos poucos, gradativamente. Ir levando o espectador na sua onda e só então culminar com o grito. E às vezes o grito nem é mais necessário, pois o público já entendeu e sentiu tudo o que você queria.

Se não me dou o trabalho de levantar a bunda do sofá para assistir a esses filmes que viraram mania mundial, repletos de cenas de tortura, morte, violência, tudo gratuito, sem nenhuma outra intenção a não ser apavorar o público, também não me proponho a curtir este “estilo de direção” utilizado pelo Del Toro.
O Labirinto, claro, tem uma proposta bacana, trata de um fato histórico que acaba se misturando com a vida e a fábula de uma das personagens, mas no fim de tudo, pra mim, nada funcionou.

Me senti mal ao perceber a reação do público à primeira cena chocante. Todos incomodados, inclusive eu. Mas agüentei firme afinal UMA falha não condena o filme todo. Não passou muito tempo e o episódio se repetiu. E outra vez, depois outra e mais outra e outra e outra... No meio do filme um rapaz se levantou muito incomodado e foi-se embora. Eu continuei na poltrona lutando comigo mesma pra não me levantar e ir atrás dele. Lutei até o fim, pensando nas 5 estrelas do Pablo Villaça e na indicação da Adelaidinha, duas opiniões que eu confio pra caramba, mas não rolou.

O filme, como eu já disse, tem um tema bacana, algumas cenas ótimas, a maquiagem é lindíssima – eu que amo maquiagem, me apaixonei! - alguns personagens (os fabulosos) são bem legais, mas no fim das contas nada se sobrepôs aos momentos péssimos que passei dentro da sala de cinema.
Acho que não quero ver esse filme nunca mais na minha vida.

terça-feira, janeiro 16

(que amô deus do céu)



(o príncipe e a branca. lindos némes?)

Lips da Lili

Trilha sonora: Sóóóó, vocêêêêê... pra dar à minha vida a direçããããão, o toooom, a coooor, me fez voltar a ver...

Dica das boas: CD Vagabundo, Ney Matogrosso + Pedro Luis e a Parede por R$ 6,90 no Submarino.

Estou firme no meu propósito. Nada de BBB7 até hoje!

Alguém me mandou e-mail bem assim:
“Ow, só pra vc saber, quando vc some o meu dia fica um pouco sem graça.
E mais fidido também.”

E a moça fica boba com tanto carinho...

E os vencedores do Globo de Ouro foram estes aqui
Graças a Deus não deram o prêmio à Beyoncé!
O Leo DiCaprio, coitado, até quando concorre com ele mesmo, perde!
A trilha maravilhosa de Fonte da Vida não levou, que pena...
E o pior de tudo, pior que não ter Warner em casa, pior que o Rubens Ewald Filho apresentando a premiação, é não ter assistido a mais da metade dos filmes que concorreram, pois os benditos ou não passaram por Campinas, ou ainda nem estrearam no Brasil.

E ainda falando no cinema, ontem fui assistir Filhos da Esperança. Corram pro cinema mais próximo pois o filme é fantástico, maravilhoso, perfeito, obrigatório, ‘chorante’! Uma obra-prima que faz pensar sobre os rumos que a humanidade está tomando...

Das buscas no Google que trouxeram gente aqui pra casa, destaco uma. Responda quem for capaz:
quem ja nao passou mal depois de ter lambido uma lata de leite condensado?

Bom almoço.

segunda-feira, janeiro 15

TM na TV

Amados,

A trupe O Teatro Mágico, que eu tanto insisto em divulgar aqui no blog, estará hoje na TV Gazeta no programa “Todo Seu” apresentado pelo Ronnie Von às 22 horas.

Não percam a oportunidade de conhecer estes artistas maravilhosos!!!

Ligue a TV e boicote a novela!!!

Da série: “As loucuras nossas de todo dia”

Abrindo uma série de participações especiais e textos sobre as loucuras, vícios, hobbies que nos perseguem durante a vida – idéia que me surgiu ao ler os comentários no post anterior – publico um texto que o Creco me passou por e-mail.
Considerarei este post o capítulo dois – já que o Lili e os Filmes pode ser considerado o capítulo um.
Quem quiser mandar algum outro texto contando alguma loucura ou paixão desse tipo, mande e-mail para lilicheveuxdefeu@yahoo.com.br
Don’t be shy!


Capítulo 2: Creco e os Carros.
Creco escreve em www.blogdocreco.blogspot.com

Desde pivetinho, eu sou viciado em carro de corrida. Pra mim, toda brincadeira tinha como finalidade o "quem chegar primeiro, ganha". Tudo.
Bicicleta, velotrol, carrinho de pedal (altos rachas com o meu primo. Ele tinha um fusca amarelo conversível e eu tinha um jipe de ferro).

A coleção de miniaturas de Fórmula 1 que eu e meu irmão temos é de dar inveja. No aniversário do meu irmão, ano passado (ele fez 29 anos), eu dei uma Ferrari do Schumacher ENORME de controle remoto. Ele ficou doido! Mais louco de felicidade do que a filha dele quando ganhou o escorregador no Natal.

No meu aniversário, eu ganhei um Playstation2 do meu pai. Meu irmão me deu um AUTORAMA e 10, eu disse DEZ jogos para meu videogame novo. TODOS DE CORRIDA. A gente já teve carrinho de rolimã, moto de fazer trilha, e o melhor brinquedo de todos, um KART.

Pra você ver o tamanho do nosso fanatismo, temos coleção de macacões e luvas que pilotos nos dão. Temos amizade com vários deles, inclusive. Ser jornalista facilitou as coisas. A gente tem até um par de luvas do Felipe Massa!

Quando o levava nas corridas, tinha que pedir pra ele segurar a onda (eu arrumava credencial de imprensa pra ele), por que ele só ficava atrás de tirar foto e pegar autógrafo de piloto! Depografo de piloto! Depois, ele foi fazendo amizades no meio. Somos muito amigos do pessoal da equipe do Ingo Hoffmann, 12 vezes campeão da Stock Car e que já correu na Fórmula 1.

Interlagos, 10 de dezembro de 2006. Estamos nos boxes da equipe. O Ingo venceu a corrida. Meu irmão, maluco que só, correu pro lado do carro quando parou perto do pódio! E não é que aparecemos, os dois, ao vivo na Globo, vibrando!

No pódio, meu irmão ficou 'guardando' o capacete do piloto vencedor.

Outra coisa é o meu trabalho de assessoria de piloto. Vivo viajando pelo país (e também na Argentina, duas vezes por ano) para cobrir corridas e assessorar o 'meu' piloto. São viagens curtas, só de fim de semana, em que a rotina básica é hotel-autódromo-autódromo-hotel-aeroporto.

E todo mundo vem me falar "você, hein! só viajando!". E eu tenho vergonha de ainda dizer "que nada, eu tô trabalhando". É um trabalho. Que não dá trabalho. Pra mim, é diversão remunerada.
Eu quase escolhi fazer medicina. Mas, pelo fato de eu gostar tanto de corridas, escolhi o jornalismo para acompanhar mais de perto e trabalhar nesse meio. Um dia você vai me ver, ouvir ou ler, cobrindo uma temporada inteira da Fórmula 1 pelo mundo todo... Ah, se vai...

Não tem como explicar, Lili... Você tem que ir numa corrida dessas com a gente.

Beijo do Creco.

sexta-feira, janeiro 12

Distúrbio Patológico Cinefilítico – Nível 3

Você percebe que já passou da hora de procurar um psiquiatra quando DEIXA DE COMER no horário de almoço para ir até o supermercado que faz as mais loucas promoções de DVD, convencer o gerente e o chefe de segurança – depois de muita lábia e tentativa de suborno - a buscarem todos os DVDs que estão socados no estoque - em várias viagens e carrinhos lotados - para que você e mais três amigos possam fuçar e torrar a grana que têm e não têm com tudo o que está e não está exposto na loja.
Esta foi a solução encontrada, já que não consegui convencê-los a nos deixar entrar no galpão do estoque.

quinta-feira, janeiro 11

aos "coprobellys" que estão em poa.

simbora lá tudo nóis, xuntos e faceiros assistir o anjo exterminador, manhãna di noiti, sexta-feira, binti horas na sala 302 da, agora pintada, usina do gasômetro.
bamos?
peça boa, povo. adaptacion da obra cinimatogáfica do tal luis buñuel.
vai tá cheio de intelectuar com cara de nada e só isso xá taria valendo, mas ainda tem cilveja dispois que é pra tece us comentário da cousa.
sodade docêis.

(da série: aprendi com dona lili)




dois dos meus filmes preferidos foram adquiridos, recentemente, por módicos cinco reais. vibrei, minha gente. iupi.
*
*
calor do inferno. eu juro. só vendo pra "creditar".

Oh, my...

Força Tarefa.

Vamos lá, queridos companheiros,

Todos juntos, mãos enlaçadas, entoando em uníssono com muita fé: Eu juro, por todos os santos e santas, que não vou assistir ao BBB7.
Oremos.

quarta-feira, janeiro 10

Lips da Lili

Trilha sonora: Cordel do Fogo Encantado, no repeat.

Terça-feira, 9 de Janeiro de 2007, 22h30. Com os ruivos ao vento, na janela superior da Choperia Fritz, a moça degustava Marlene Dietrich.

Marlene é feita de chopp artesanal e Sprite. Recomendo muito.

Notaram que a página do Filhas está abrindo com maior rapidez? Ajuda voluntária do querido Caléxico. Obrigada, de novo, amado.

Dica: Segundo Festival do Audiovisual em Atibaia. Acontecendo esta semana.
www.festivaldeatibaia.com.br

Imagem bonita pra ‘Definir como plano de fundo da área de trabalho’. Do filme Uma Vida Iluminada.


Dica: Sorria, meu povo!

terça-feira, janeiro 9

Lips da Lili

Um achado, queridos, na última sexta-feira. Viver a Vida do Godard por R$ 11,90. Coisa certeira pra enfartar qualquer criatura com Distúrbio Patológico Cinefilítico.

Por fim, gastei horrores e ainda assim saí bem feliz da loja... Como sou trouxa. Pobre e trouxa.

Dica gastronômica: merengue de morango no McDonald’s.

E ainda no McDonald’s, o Mc Lanche Feliz está fornecendo este Cão Coragem aí do lado. Pergunta: Em duas tentativas, responda, o que eu vou almoçar hoje?

Pergunta 2: Será que a Cicarelli sabe a diferença entre um Motel e uma Praça Pública?

segunda-feira, janeiro 8

O Grande Ditador. Chaplin fala.

Ontem eu assisti ao filme. E chorei muito. Chorei horrores. Chorei o inesperado.
E o inesperado, além de chorar com Carlitos, foi ouvir a voz de Charlie Chaplin! Do ser humano, do ator usando o seu meio de comunicação, despindo-se do personagem e fazendo seu desabafo, seu grande discurso final.
Não posso imaginar qual foi o sentimento do público em 1940, ao assistir ao filme e constatar que o único a peitar a maior ameaça da época era “apenas” um artista. “Um grito parado no ar”.
Uma baita demonstração de coragem do gênio, que nessa hora não quis ser o gênio do cinema, mudo.

Transponho a última fala do filme, após o discurso, que ainda está batendo aqui no coraçãozinho.
Tradução livre. Aceito correções.



Hannah, can you hear me? Wherever you are, look up, Hannah! The clouds are lifting the sun is breaking through. We are coming out of the darkness into the light. We are coming into a new world, a kindlier world, when men will rise above their hate, their greed and brutality.
Look up, Hannah! The soul of man has been given wings. And at last he is beginning to fly. He is flying into the rainbow, into the light of hope, into the future, the glorious future that belongs to you, to me and to all of us.
Look up, Hannah! Look up…

Hannah, pode me ouvir? Onde quer que você esteja, olhe pra cima, Hannah! As nuvens estão se abrindo, o sol está aparecendo. Nós estamos saindo da escuridão e indo para a luz. Nós estamos indo para um novo mundo, um mundo mais amável, em que os homens se colocarão acima do seu ódio, sua voracidade e brutalidade.
Olhe pra cima, Hannah! A alma do homem ganhou asas. E ele finalmente está aprendendo a voar. Ele está voando para dentro do arco-íris, para a luz da esperança, para o futuro, o futuro glorioso que pertence a você, a mim e a todos nós.
Olhe para cima, Hannah! Olhe para cima.

sexta-feira, janeiro 5

Idéia.

Vera Fischer e Regina Duarte bem que podiam se reunir pra trocar umas idéias sobre seus “trabalhos” de “interpretação”, nénão?

A Regina ensina a Vera que não é preciso ser uma estátua, e que é sim possível mexer outros músculos da face além daqueles em volta da boca – se o botox permitir, claro.
A Vera por sua vez ensina Regina que ‘das vez’, não há necessidade de imitar um mamulengo.

Sério. Vera Fischer tentando posar de mulher firme e forte não é páreo pra Débora Bloch, jamais. Não nessa encarnação.

O piti de Regininha ao ver a sepultura da menina foi de chorar... de rir. Redécula.

E eu me matando de estudar teatro.
Ô bosta.

A God-King! Uia.

Rodrigo Santoro no novo cartaz de 300. Que orgulho!

quinta-feira, janeiro 4

de úrtima hora.

dita von claire, aquela cretina-ordinária-desclassificada, mandou avisar que está bem, obrigada.
a moça, que, dizem, apesar de tudo é gostosa que só vendo, levou o corpitcho alvo à praia e agora está de volta ao senegal metropolitano.
dentro em breve, maiores informações.
louvada seja, ela.

Leslie.


Leslie Caron

Por As Filhas sabem reconhecer que no mundo existem outras divas.

quarta-feira, janeiro 3

Zapeando. (1, 2, 3, 4).

Um. Dizem por aí que vão fazer um filme sobre o Queen. Dizem ainda que um dos cotados para o papel de Freddie Mercury é o próprio Deus, Johnny Depp.
Chupa essa manga

Dois. Já ouviram falar sobre o Prêmio Darwin concedido às pessoas que “melhoraram o conjunto genético ao se retirar dele”? Para nosso orgulho, ou não, em 2003 um brasileiro ganhou o tal prêmio ao morrer acendendo um isqueiro dentro de um tanque de gasolina.
Pergunta: pra quem você daria um "Prêmio Darwin - Melhore o conjunto genético, retire-se dele!"?

Três. Orlandeli, seus desenhos, quadrinhos e textos. Um site bem bacana para se visitar.
www.orlandeli.com.br





Quatro. Ela é linda, mas é uma mongólica. Basta ler as coisas cretinas que disse nesta matéria. Mas, enfim, devo admitir, a imagem ficou bem bonita.



Lips [pós reveillon] da Lili

Então fica assim decidido: reveillon na praia nunca mais.

Eu nunca vi tanta gente feia e porca reunida! Ôh sucursal do inferno!!! Era lixo em todos os cantos, esgoto jogado diretamente no mar (o cheio era horrível), música (??) escrota, congestionamento, cheio de camarão frito, falta de água, crianças por todos os lados!!! Minha vontade era jogar uma bomba naquele lugar. Juro.

A parte boa é que fui lendo Minhas Histórias dos Outros do Zuenir Ventura durante as quatro horas de viagem, completamente hipnotizada. Mais que recomendado! Um livro fora de série.

E como começar o ano com o pé direito? Botando toda a sopa de lentilha na privada, pela zona norte. Passei o dia inteiro com soro caseiro, 6 biscoitos de água e sal e um copinho de Ades.


115 filmes assistidos em 2006.
E em 2007, comecei assim:

O Primeiro Dia de Walter Salles com Matheus Naschtergaele, Fernanda Torres, Luiz Carlos Vasconcelos. Muito bom! Um filme pequeno e despretensioso, mas que merece aplausos pela temática, pelas atuações, direção... bem bom mesmo.

Tempos Modernos do Charlie Chaplin. Sem comentários.