segunda-feira, janeiro 6

Homens na Cozinha



Nos dias de verão em que eu fico na casa de minha mãe, no interior - sem sinal de celular e sem internet - acabo vendo muito televisão, e tenho que confessar que acabo assistindo os programas de culinária que eu adoro, e que no dia-a-dia acabo não vendo quase nenhum.

O que me chamou a atenção esse ano, foi a quantidade - aumentou muito, e a invasão dos homens nas cozinhas - gente, como tem homem cozinhando na televisão ultimamente, heim? Uns ótimos, outros nem tanto. Vejamos:

Jamie Oliver - Um clássico. Já tá há mais de uma década na TV, não tá? Adoro os programas dele, sempre aprendo alguma coisa nova, gosto do jeito dele cozinhar, e acho um fofo. Engordou um tiquinho, mas continua um fofo, com aquele sotaque, aquela boquinha, os cabelos despenteados, o jeito largadão... gosto demais dele.

Anthony Bourdain - Não é bem de culinária, mas é sobre comida, culinária exótica, pratos típicos de lugares exóticos. Sempre gostei dele. Adoro o tipo, grisalho,  aquela cara de quem sabe aproveitar a vida sem frescuras. Acho muito, muito atraente mesmo. E os programas são ótimos, gente!!

Olivier Anquier - Simplesmente não consigo. Não sei o que todo mundo vê nele, gente! Nâo consigo achar graça naquele fusquinha, aquela tentativa de ser cool, com aquela tentativa de dar um "ar de interior da França", aquela coisa de sou simples mas sou chique. Ele é simpatico, não se pode negar, mas muito, muito sem graça. Sex appeal beirando o zero pra mim. E o programa também... sei lá, nem consigo ver um episódio inteiro. 

Homens Gourmet - Ok. Boas receitas, boas dicas, o programa é bom, e eles até que são bem bonitos. Mas precisavam ser tão coxinhas? Tão playboyzinhos? Aquela brodagem toda chega a ser um pouco ridícula e em termos de atração fatal os quatro juntos não chegam aos pés de Mr. Bourdain.

Uns outros - Tem um rapazinho no programa da Confeitaria, do Bem Simples, que eu não sei o nome, mas que é simplesmente um xuxu!! Não sei o nome dele. E um confeiteiro, que faz bolos elaboradíssimos em Nova York, um tipo bem itaiano do Brooklyn, que acho simplesmente um arraso.Não sei o nome dele nem o do programa, mas ele faz lembrar demais o Andy Garcia dos bons tempos...

Rodrigo Hilbert - Deixei pro fim porque foi a boa surpresa pra mim. Nunca tinha visto o programa dele, e simplesmente adorei. Ao contrário do Anquier, Sr. Hilbert é realmente simples, tem aquela coisa natural ao cozinhar. Dá pra ver mesmo que nasceu e foi criado numa família sulista do interior. No programa que vi ele estava cozinhando uma língua com polenta - prato que, definitivamente, não estaria no cardápio do quarteto coxinha do circuito jardins - miami - ubatuba dos rapazinhos gourmet, certo? A cozinha do Hilbert é autêntica, parece que ele realmente aprendeu a cozinhar com a mãe, com o avô... muito, muito bom mesmo. Sem contar que ele é fofíssimo, né. E como é lindo, benzadeus...

E aí, gente? Concordam? Esqueci algum favorito de vocês? Tem algum outro rapaz bom de panelas que eu deveria conhecer?


6 comentários:

Dedé disse...

Eu gostei do programa do Rodrigo qdo estava no Brasil, mas um que adorava (não sei se ainda existe) era o "que marravilha" do claude troigros. Ele é um fofo!
Estou viciada agora no Master Chef Professionals, que é uma competição de culinário que acontece todo ano aqui no UK (mas tem austrália, EUA e outros tb). Assisti a de 2013 e agora tô vendo as antigas! :)

Rose Foncée disse...

Dedé, você tem razão!! O "que marravilha" é ótimo mesmo, mas nem sei se ainda está passando - faz tanto tempo que não vejo.

O Master Chef, se é um que eu estou pensando, eu adoro. Na Austrália se não me engano a competição é entre crianças, e elas dão um show! É muito bom.

Daí do UK o que eu não gosto mesmo é o daquele Gordon descompensado - cheio de gritos, insultos, acho o sujeito simplesmente ridículo.

Beijo!!

Juliana Canoura disse...

Só conheço o Jamie, o Anquier o Hilbert!

Concordo com os três!!

Não suporto o Anquier, aquele sotaque ridículo dele rs, acho super forçado!

Um outro que é francês, mas que não é forçado e super legal é o Claude troigo, ele faz o Que Marravilha, na GNT, é bem legal, veja! =)

Deh disse...

Dos programas sobre bolos tem dois: um é o Cake Boss, que é um italiano chato duzinferno que fica falando um monte de frase feita de filme americano sobre a família a família a família, acho chato.

E tem o Ace of Cakes, que é um cara novinho com pinta de skatista, um monte de molecada novinha fazendo os bolos com ele. Desse eu gosto mais.

No mais, assino embaixo. O Bourdain é sensacional, gosto muito dele. Tem o Hell's Kitchen, sinto um tipo de prazer sádico em ver aquele Gordon Ramsay gritando loucamente com as pessoas. O Hilbert eu nunca vi, mas é um tchutchuco mesmo.

:*

Mariana Borges disse...

Rose, vi esse post aqui num blog que me pareceu bem conceituado e honesto.
Fala sobre a gravação de um um program do Bourdain em Salvador.

É uma visão crítica e honesta. Achei que você ia gostar, embora seja desabonadora ao cara: http://piteu-cozinhafetiva.com/2014/01/09/eu-e-o-bourdain/

Pri disse...

Faltou o Chuck, o programa dele passa aos domingos, por volta do meio dia no GNT "Receitas de Chuck" gnt.globo.com/receitasdechuck/‎ ele é uma delicinha, programa super legal, levinho e ótimas receitas.

beijo