segunda-feira, agosto 15

da série: se não fosse a pura verdade, seria só uma piada.

livro escrito [tsc tsc] pela vencedora do último BBB teve mais de 100 MIL EXEMPLARES VENDIDOS e ganhou versão comemorativa, Bra-zeel! [!!!]

[depois tem a capa, que é igual a pelo menos uns outros 50 títulos do mesmo gênero.]
[e tem também o título, uma outra piada pronta, para quem acompanhou o reality-show...]

6 comentários:

Dizzy Miss Lizzy disse...

Lili, eu, como produtora editorial, também lamento esse tipo de situação. Como também a do Ágape, livro do Padre Marcelo que consta, há meses, como o mais vendido no país. Nada contra a religião de ninguém, mas é difícil trabalhar em um mercado cujos únicos livros realmente vendem são os de auto-ajuda ou religiosos (que não deixam de ser de auto-ajuda, né?). Grandes obras de ficção, romance, fantasia, quadrinhos, de grandes escritores, não chegam a 10 mil cópias vendidas. Isso trava a expansão cultural do nosso país e também a educação, pois esse tipo de livro que tanto vende não tem uma escrita lírica, rebuscada, que permita ao leitor aprender a interpretar textos, conhecer a poesia da literatura, a ironia, o sarcasmo... e torna o Brasil um país com tantos analfabetos funcionais, incapazes de interpretar um texto.

Agora vem o pior: o livro não é da Maria. Não foi escrito por ela. Ela levou este livro para dentro da casa do BBB, o que fez acontecer o grande boom de vendas. E foi convidada a posar na capa, para aumentar ainda mais o número de vendas.

Não sei o que se passa na cabeça de uma consumidora que compra este livro. Algo do tipo:

"Vejam, a Maria leu esse livro e conquistou o Wesley, homem bonito e romântico . Vamos ignorar o fato de todos os vexames que ela deu se humilhando atrás do machista MauMau e comprá-lo para ter homens aos nossos pés também!".

Enfim. Segue aqui o meu desabafo. Mas continuo na luta, amo a minha profissão e trabalharei incessantemente para fazer chegar às mãos dos bons leitores as grandes obras que somos capazes de produzir.

Um beijo.

lili cheveux de feu disse...

Dizzy, sem palavras para agradecer a sua participação neste post... Imagino o seu sofrimento duplo, como leitora e como profissional e o seu desabafo é tudo o que eu também sinto. É triste. E olha, me enganaram direitinho, pois tem o nome 'Maria' ali do lado... Bjos e muito obrigada.

Dedé disse...

Nossa, Dizzy falou tudo mesmo! Muito triste! E propaganda enganosa essa nao??? Tambem jurava que era ela quem tinha escrito o livro!

Lili Cheveux de Feu disse...

a gente é que muito inocente, dedé! pensa se a maria consegue escrever uma página de um livro! ainda mais um livro inteiro. hahaha.

mari.... disse...

a escritora é Marie Forleu e a Maria do bbb é Maria Melilo ;)

Lili Cheveux de Feu disse...

pois é... me confundiu mesmo, mari.