segunda-feira, março 28

Vida de Cachorro





Essa fofura aí de cima é o Boo, o Lulu da Pomerânia considerado o filhotinho mais bonito do mundo. Boo tem um perfil no facebook, e está próximo de bater a marca de um milhão de seguidores.

Realmente é a coisa mais linda desse mundo. Mas é claro que isso para ele não faz a menor diferença. E o milhão de seguidores também não significa absolutamente nada. Certamente Boo seria mais feliz se fosse um pouco mais sujinho, menos arrumadinho e menos fofo. Certamente estaria melhor se não tivesse que se produzir tanto para seus seguidores no facebook.

Embora a compulsão pela fama e pela exposição já esteja extrapolando todos os limites do razoável e do tolerável, particularmente acho que cada um faz com si mesmo e com sua própria imagem o que bem entende. Mas será que temos o direito de transferir nossas neuroses, vaidades e obsessões para nossos animais? Fazer isso com o bichinho não seria também uma forma de crueldade como o abandono e os maus tratos?


Será que não estamos indo longe demais, não?

8 comentários:

lili cheveux de feu disse...

certamente é um abuso... já é um abuso a gente ter um bicho como um "bicho de estimação". agora, isso aí já é o extremo do exagero da humanização do pobrezinho...

Guga disse...

Agora danou tudo, né?

Porque deixar passar fome, ficar doente, posar no relento, é abuso. Agora dar conforto, cuidar da alimentação e higiene do bicho, também é abuso?!

Não venha me foder a paciência, né!

Vamos procurar uma bela troxa de roupa pra lavar, que tal?

Podem jogar pedra à vontade agora.

Rose Foncée disse...

Ai, nem vou [jogar pedra]...
Preguiça.

mari.... disse...

nem parece q é de verdade

Anônimo disse...

tb acho que isso não é mau trato. duvido que ele sofra. deve ter uma vida de principe.

Marie Clarté d'Or disse...

Eu trato super bem o meu Tuko!! Mas devo confessar que nunca deixo colocarem gravata ou roupa no cãozinho!!!

Cadu disse...

tbm naum acho que sejam mal trato, porq ele so ta fazendo o que faz naturalmente, a diferença e que com muitos expectadores.

Marion disse...

Eu não gosto de bicho muito empetecado. Acho o fim ver estes cachorros pequenos cheios de roupinhas, lacinhos, brincos e por aí vai.

Aqui meus gatos não tem fescuras. A única é a coleira com medalha ( com nome e tel). Mas até isso estou revendo. Por causa do calorão tirei a coleira do Sam e da Nena. Só Frodo que é o mais magrinho, está de coleira.

Ah, o cãozinho da foto parece até de brinquedo. Muito fofo.

Ah, na novela das 7 tenho um poodle cor de rosa! Coitado do cachorro. Isso sim é crueldade, pintar o pêlo do bicho ou fazer tatuagem!

Beijos