quarta-feira, março 16

falando sobre sexos [no plural]

estava neste minuto conversando com um amigo sobre uma frase que coloquei no meu facebook:
"produção!!! alguém poderia demitir o figurinista da fernanda lima? melhor! alguém poderia demitir a fernanda lima?"

ele brincou que poderiam mandá-la para a casa dele, e eu disse que ele estava precisado mesmo [por que ele está precisado mesmo], no que ele me respondeu: "ela pode ser chata, mas é gatinha"...

comecei a pensar no quanto eu não conseguiria dizer uma frase desse tipo e imediatamente me lembrei do BBB rodrigão, um cara que, se não fosse gay e quisesse me pegar, eu não pegaria de jeito nenhum, simplesmente por que a minha frase para ele é exatamente o oposto da frase desse meu amigo para a fernanda lima: "ele pode ser gatinho, mas é chato".

e você? combina mais com qual frase?

ele(a) pode ser chato(a), mas é gatinho(a)
ou
ele(a) pode ser gatinho(a), mas é chato(a)

o que faz mais o seu tipo?

8 comentários:

Rodrigo disse...

sabendo ler, escrever e tendo dente, tô dentro!

hahahahhahah

lili cheveux de feu disse...

ou seja, sua frase se resume em "ela pode ser", rodrigo? rsrsrs.

Gilda disse...

Vou com você, Lili.

Muito por acaso meu atual namorado é bonitão. Mas numa época eu fui superapaixonadamesmo por um sujeito desses que um saco de pão na cabeça chamaria menos a atenção do que sua feiúra, sabe? Mas ele era interessantíssimo.

Óbvio que quando vejo um cara bonito eu penso 'uau, que saudável' mas pra fazer parzinho comigo tem que ser muito além disso.

Marie disse...

Também concordo com a Lili!

O Barba :) disse...

Bem... esta pergunta refere-se a relações sérias ou a mero abate?

Lili Cheveux de Feu disse...

eu não sei o que voce quer dizer com "abate".

desculpe.

O Barba :) disse...

Bem.. eu acredito que ninguém em sã consciência "namoraria" Fernada Lima por mais de uma noite.

Explica?

Débora disse...

ele(a) pode ser gatinho(a), mas é chato(a)

Não rola...