quinta-feira, março 3

Doce Vida (alheia)

- Rose, menina, a bruxa tá solta mesmo. Semana passada foi a tua casa que amanheceu inundada, hoje foi a minha vez de ter problemas...
- Foi semana retrasada, Jamille... mas o que aconteceu com você, criatura?
- Ontem amanheci sem uma gota d'água em casa - a bomba do prédio quebrou. Á noite, acaba a energia, no meio da preparação para o jantar. Um breu. Meu purê de legumes virou musse de maracujá, amiga, porque eu não enxergava na-da. Pra completar, um curto-circuito no apartamento no meio da madrugada. Acordei com lâmpadas, máquina de lavar, tudo pifado.
- Ai, minha nossa... que aborrecimento!
-Não, o pior é que amanhã viajo pro carnaval, né. Salvador, eu já tinha te contado? O eletricista já esteve lá em casa, mas ainda não sei direito o que aconteceu, como vai resolver, se a máquina queimou, nada... sei que tem fios desencapados na história, um horror... mais tarde ele volta para vermos o que tem que fazer.
- Olha, Jamille, numa boa. Hoje nem é dia disso, viu. O eletricista é gato?
- Nada, Rose.. um horror!
- Então dispensa, Jamille. Esvazia a geladeira e o freezer, tira tudo da tomada, desliga os disjuntores, deixa a casa às escuras mesmo e vai pra Salvador, filha... na volta você pensa nisso e dá um jeito de resolver.
- Não é que é uma idéia?!
- Tô falando, amiga... tô falando...
- Bom Rose, vou indo. Tenho hora na manicure, já estou atrasada. Beijo amiga.
- Tchau, linda, vai lá. Beijo pra você também.

2 comentários:

Adelaide disse...

auhauhauhauhuahau

Rita disse...

Uiii! Hoje estou tão mal fudida! Marido corno não presta mesmo.Só serve para levar nos cornos e ser meu duméstico. Hoje apetece-me vestir provocante e ir ao Bar beber um chopinho e meter converssa com Senhor Macho, ser engatada! Como puta! Mas eu não cobro nada, gosto é ser fudida por Macho bom!