quinta-feira, dezembro 9

Havia até me esquecido de como é gostoso aprontar o que aprontei ontem à noite... Nada que possa ser colocado no Youporn, mentes perigosas: tesoura na cabeleira com as próprias mãos. Por que ainda não encontrei UM serumano que me faça um corte decente. Não, eu não me faço um corte decente, mas pelo menos não me cobro um tostão.

Quem mais se aproximou de me deixar feliz com a juba foi um amigo que virou cabeleireiro e depois virou mulher e então virou cabeleireira, a quem eu não consigo direcionar frases com palavras no feminino... Aí fico meio constrangida de ir até lá...

Mas Marie, no domingo eu posso te apresentar meu amigo/amiga, por que ele/ela é um barato e mora em Campinas e sei lá...

Me lembrei da época em que eu trabalhava em Campinas e ia ao Conservatório de Teatro todas as noites e era super bacana. E vez em quando escapava da aula para assistir a algum filme no Cine Paradiso, que é um cinema que nem existe mais, mas era todo fofo e exibia filmes "alternativos", "de arte", "cult", odeio esses nomes, e tinha um moço lindo na bilheteria que eu paquerava e contava aqui no blog e cuja namorada [à época] coincidentemente lia o FDD e ao invés de ficar puta, se aproximou de mim toda fofa, mais fofa e mais linda que o cara, mas essa é uma história para a série "dentro e fora da internet".

Acho que é um post sobre saudade.

9 comentários:

Blog da Jujuba disse...

Ah, eu corto o meu cabelo direto. Os cabeleireiros só querem carecar a gente!! Deus me livre!

Lili Cheveux de Feu disse...

jujuba, fiquei muitos anos sem dar um centavo para cabeleireiros até conhecer este amigo/amiga. fazia justiça com as proprias maos. hahaha.
e acho que, até encontrar alguem que corte de um jeito que eu ache foda, vou continuar nessa...

Menina de lah disse...

Ah..que linda! Sabe que você acabou de colocar um sorriso na minha face (exatamente no momento que mais precisava sorrir, obrigada, viu?) ahaha..
Ai que saudades do Cine Paradiso, de todo mundo de lá...(tudo mudou tanto).
E saudades da minha ex-chefe Priscila Tescaro, que me mostrou o post da menina que paquerava o meu então namorado...Desde aquele dia, leio (e adoro)vocês diariamente...
E saudades de encontrar você assim do nada nos shoppings, nos SESCs, nas ruas, nas coincidências da vida...Sabe que comecei a te admirar tanto..

Ai que saudade!!Beijos Lili!

Lili Cheveux de Feu disse...

muita saudade de ti também, clê. a gente precisa é marcar alguma coisa de verdade e não ficar mais dependendo dos acasos.

mil beijos, linda!

Marie Clarté d'Or disse...

Lili, pode me apresentar o seu amigo/amiga...... terei o maior prazer em conhece-lo.

Te ligo quando chegar em Campinas, ok?

marcelo disse...

Lili e Marie,

Repitam mil vezes: ela, ela, ela. Amiga, amiga, amiga.

Pensem: é preciso uma baita coragem pra fazer essa troca, pra alguém chegar a esse ponto, não há dúvida que ela é ela, que o que ela quer ser é ela, e que ela sente como ela.

E aí chega alguém e chama de ELE??? tsc, tsc, tsc.

(beijos proceis. aproveitem o finde e divirta-se em campinas, marie!!!)

lili cheveux de feu disse...

eu não julgo o moço por ter feito a mudança, viu, má? também acho uma baita coragem da pessoa, pq além da agressividade da cirurgia (e ele me disse que sofreu pra caramba), tem toda uma coisa no meio social, que ele terá que enfrentar, muito além do que quando "era apenas gay".

mas é que para mim ainda é dificil concatenar as ideias já que por 2 anos ele sempre foi "ele", "meu amigo"... é só falta de costume mesmo, pq sequer o antigo apelido eu posso usar... é foda.

marcelo disse...

treina, gacta, treina...repete o nome na frente do espelho até entrar na corrente sanguinea!!

Lili Cheveux de Feu disse...

ahUAHuahUAHuahU... vou tentar.