segunda-feira, agosto 9

Prefiro pulso de ferro do que mão mole...

O marido da Fátima Bernardes tentou afirmar na Rede Globo a fama de que a Dilma é grosseira, dura e rude.

Do alto dos meus vinte e poucos anos, fui bem treinada por esta mulher durante dois anos de estágio na Fundação de Economia e Estatística do Estado do Rio Grande do Sul. E daquele tempo, posso afirmar:

- Dilma não tem paciência com gente burra.
- Dilma não tem paciência com gente lerda.
- Dilma não tem nenhuma paciência com gente que se acha esperta.
- Dilma não tolera neguinho liso, incapaz de tomar posição.
- Dilma volta atrás, se estiver errada. E pede desculpas.
- Dilma é uma das pessoas mais inteligentes que eu conheço.

Agora, numa coisa seu Bonner tem toda a razão: Dilma não é política. É técnica.

12 comentários:

Dedé disse...

Pode ser, mas as pessoas mudam... principalmente quando politica estah envolvida! Nao defendo o Bonner, mas nao confio em nenhum politico!

A garota disse...

eu quero mesmo é Rose Foncée pra presidente! que é isso tudo aê e ainda é linda!

Du disse...

pois é, é técnica. e o Lula, muito político, não a escolheu à toa: tendo formulado, politicamente, as principais linhas de um governo, o presidente escolheu alguém para continuar o seu próprio projeto político e não para, em última análise, modificá-lo, "pensando" um novo. e nem mesmo a Dilma nega isso, porque ela propõe, veementemente, a "continuidade" desse projeto, avançando-o como der.

Adelaide disse...

Na boa, ela se queimou um monte ontem.

Anônimo disse...

Quando ela falou em mãe zelosa que com pulso firme defende seus filhos e por isso a confundem com grosseira ganhou o resto do povo que não pensava em votar naquela mulher. Inteligente mesmo Rose, técnicamente pra mim já se elegeu.

Arabiane disse...

Adelaide, DEFINITIVAMENTE, nós temos uma visão COM-PLE-TA-MEN-TE diferente da política. Achei-a SENSACIONAL!!! Me tapei de orgulho.

Colocou seu Bonner bem no lugar dele, especialmente ao responder a pergunta cretina e pega-ratão de que se ela não tinha experiência política, como governaria o país. Ela desenhou que sim, experiência de mandato legislativo/executivo ela não tem, mas experiência operacional exercendo cargos executivos dentro da Administração Pública ela tem de sobra. Ganhou aqueles cujo Tico e Teco tá funcionando. Essa foi uma pergunta dirigida à classe média, por que a pobraiada vota no bolsa família, e os que pensam buscam exatamente isso, alguém com experiência técnica (e não política).

Aliás, a classe média que assiste JN, vulgo Homer Simpson, vota ou no candidato da faxineira ou no candidato dos amigos "mais inteligentes" e/ou melhor informados do que eles, por que não gostam e não estão interessados em política. A resposta dela matou o Bonner.

Outra, quando ela deixou bem claro que é dura, sim, por que um país não cresce sendo dirigido por gente frouxa, ganhou mais uns. E quando respondeu que o PT fez sua própria crítica interna (por que ser oposição é moleza) e hoje reconhece a necessidade de dobradiça na cintura para governar, ganhou outros tantos. Especialmente tendo em vista a responta anterior, que deixa claro que ter dobradiça na cintura é igual a dobrar quando necessário e endurecer quando requerido.

Eu adorei a Dilma. E pode apostar, com os outros candidatos o casalsinho JN vai pegar bem levinho.

O Mordomo disse...

Hoje de manhã, quando vi o post da mme Foncée, corri no utube pra ver o que tinha rolado. Uma outra colega aqui da firma também já tinha dito que a Dilma tinha sido massacrada. Pois bem.
Vi o vídeo e minha opinião bate com a da mme Foncée. A Dilma se saiu beeem melhor do que no debate da Band, não gaguejou, não titubeou, assumiu erros do partido no passado e se mostrou autêntica [pra mim, pela primeira vez]. Em tese, convenceu. Só está errando a mão no sorrisinho simpático [ela e todos os demais].
Ainda não ganhou meu voto, mas ganhou pontos comigo por não se deixar ser massacrada/ridicularizada.
Também estou ansioso pra ver se a mão do casal JN vai ser tão pesada com os demais candidatos.

Arabiane disse...

Pois é, Mordomo. Eu acho de uma cretinice sem tamanho esses marqueteiros que querem transformar a mulher no que ela não é. Ela não é simpática; ela é autêntica. Mas autenticidade não ganha voto. Neguinho quer mesmo é ver sorrisinho idiota na cara de candidato simpático.

Ah, e ela se plastificou todinha. Ali tem muito mais do que um lifting básico. Mas nisso eu concordo, embora o cabelo continue cafona de doer.

Adelaide disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Saulo disse...

Antes de tudo, devemos admitir que nenhum dos candidatos está a altura do Lula, em termos de carisma. Dificilmente, haverá uma identificação entre a povo e o presidente como há com o Lula.

Realmente, a Dilma não tem inteligência emocional para lidar com algumas situações, principalmente depois que o nome dela foi cotado para a candidata a presidência. Já ouvi histórias terríveis de colegas de carreira meus que trabalham na casa civil e de colegas que foram assessores dela no Ministério de Minas e Energia.

Não basta ter conhecimentos técnicos e nem perfil técnico. É necessário ter perfil político para assumir a presidência, ainda mais em um presidencialismo de coalização. Além do poder racional-legal, o presidente deve ser detentor de poder carismático (ou, em alguns casos, do poder tradicional), senão se lasca.

marcelo disse...

Ou seja, estamos lascados. A verdade é que não tem pra onde correr: Dilma é muito técnica (não ter paciencia pra gente burra e não ter paciencia pra gente lerda eu traduzo como "é grossa mesmo") - péssima característica para um presidente; Serra é elitista e pedante - péssimas características para um presidente; e Marina é tímida e ingênua - péssimas caracteríscitas pra um presidente. Lascou-se, minha gente, lascou-se.´(mas, já que tem que escolher, eu tiro de cara a fundamentalista da disputa, e entre a maria antonieta paulista e o elefantinho na lojinha de cristais gaúcho, eu fico com o paquiderme. fazer o que, né)

O Mordomo disse...

Me perdi nas conotações do Marcelo rs..