sexta-feira, julho 16

Adoro gente narcisista. Não por que eles pensem que o mundo lhes deve obediência. Eles tem certeza. Me encanta, antropologicamente falando.

Claro que ela é a pessoa mais qualificada na face da terra para traduzir o que Deus quer, minha gente.

8 comentários:

Lili Cheveux de Feu disse...

pensa que bacana amarrar esta mulher numa cadeira e fazer um tratamento ludovico com 48 horas de gays trepando no colo dela.

Anônimo disse...

A negação absurda a um fato remete ao seu desejo secreto, essa aí é chegada num velcro.

Rose Foncée disse...

Gata, aqui nessa minha cabeça com os pino tudo frouxo, penso que o problema dessa gente com os gays não é o sexo em si, por que eles acham normal qualquer tipo de sexo entre heteros, até o abuso. Acho que o que eles não entendem é de amor, mesmo. De nenhum tipo. Só gente que não foi amada apropriadamente quando deveria (no berço), é que não consegue aceitar a existência de amor e daí procuram umas justificativas racionais, as vezes caem numas imbecilidades religiosas e tals, pra não aceitar que o outro possa ter amor e ele não. Por que amor não tem sexo.

Lili Cheveux de Feu disse...

ou isso ou pura entrega à imbecilidade religiosa.

marcelo disse...

(suspiros)
meninas, vocês são minhas ídalas!!

Saulo disse...

E eu, na minha ingenuidade, achando que a intromissão da religião em assuntos sérios vinha sofrendo redução.

Meu mundo é mais legal do que esse aí fora.

Mari Biddle disse...

'antropologicamente falando' foi otEmo!

Sra. Juiza, vaza que a sra. e' muito preconceituosa!

Solineuzza disse...

FUI CRIADA LENDO A BIBLIA E SEI O QUE DEUS PENSA.

Ta bom. Senta la, juiza.

Olha so, eu nunca na minha vida li a biblia, porque ne, eu tenho mais o que fazer.

Mas se alguem por aqui ja tiver lido, me diga qual a passagem em que deus afirma: é proibido homem com homem, mulher com mulher, isso é crime, isso é deonça, essa gente tem que queimar no inferno etc.

Obrigada.