quinta-feira, julho 15

130 mil por mês!!!!



Pagou o Pato!Literalmente!!!!

18 comentários:

isabel alix disse...

numtindi. esse link aponta pra lado nenhum.

Marie Clarté d'Or disse...

Acho que agora vai, isabel.... Obrigada por avisar!

marcelo disse...

Marie, quer saber de uma coisa? Eu bem que gostei. Na hora em que os juízes comeceçarem todos a sentenciarem assim, talvez as pessoas parem de brincar de casamento, parem de achar que casar e separar três meses depois é a coisa mais natural do mundo, parem de fazer amigos, parentes, todo mundo de palhaço, de gastarem uma quantia enorme de dinheiro, energia, de bla-bla-bla emocional pra ficar brincando de casinha por uns tempos. Casamento é predisposição pra juntar patrimônio, pra construir coisas juntos, pra abrir mão de um monte de coisas. Eu tenho certeza que se as pessoas soubessem que teriam encrenca pro resto da vida depois de se separarem, pensariam não só no vestido, no bolo, na babaquice e nos presentes e levariam a coisa mais a sério. Eu, particularmente, estou bem cansado de ficar financiando montagem de casa alheia pra pombinhos que semanas depois estão separados. Acho que beira o estelionato e a cara de pau.
Como diria um professor meu: Pro casamento tem o divórcio, mas ex é pro resto da vida! Bem feito. Mas bem feito, mesmo!! Parabéns pra dona Stephany!! Pegou seu pato direitinho. Adorei.

Hellen disse...

Concordo totalmente com que o Marcelo disse...

Só não acho que ele deveria ser o único "penalizado" pelo divórcio. Acaba que ela vai ficar com uma pensão astronômica (não tem filho, têm dois braços e duas pernas perfeitas pra trabalhar, enfim...) e sair disso tudo por cima (tá bom, sei que ela largou carreira, família, blá-blá-blá, mas ainda assim). Acho que os juízes deveriam fazer como no filme "Jogo de Amor em Las Vegas", aí eu queria ver o povo "repensar" uma separação assim.

Hellen disse...

Agora que reli o que escrevi e ficou claro que não "concordo totalmente", rsrsrsrsrs.

Mari Biddle disse...

Eu pensei que pensao era para a mulher ou homem que viveram um bom tempo junto (tipos uns 15 anos) e estava sem grana pois nao trabalhou fora enquanto cuidava dos filhos do casal. Nunca pensei que gatinha, jovenzinha, bunitinha, picole' de chuchuzinho em plenas condicoes de se recolocar no mercado de trabalho tivesse direito a pensao.

Meu, acho pouco era urucubaca pra cima da Debora Seco e dessa picolezinho de chuchu dai que acharam que casamento era carreira. Vai Debora, se manda com o marido e se aposenta precocimente para 'cuidar do marido'. Vai Istefanyyyy, casa com o Pato achando que ele e' o Kaka e se aposenta tambem.

Paulinha_SP disse...

Apoiado, Marcelo!!!!
Eu deixei de ir em um casamento no interior semana passada, uma daquelas festas luxo-poder-e-riqueza porque ambos noivos casaram pensando no "Ok, se não der certo depois separa".
Ah, pára!!! Eu não participo mais de circos deste tipo, se as pessoas não se respeitam, eu faço isso por mim.
Também não acho justo, mas vale o exemplo.
Melhor ficar galinhando igual ao Ronaldinho Gaúcho agora de férias (como sempre) no Rio do que criar todo um cenário fake.

Anônimo disse...

Qual a diferença dela e de Elisa?? A sorte do Pato não ser o Bruno e outras "Elisas" por conta desse fato(pato)aparecerão.

Lili Cheveux de Feu disse...

casar e ter filho com gente milionária já é fazer carreira, hoje em dia, mari, não é não?
depois a luciana gimenez é chamada de burra... burra é quem erra o alvo.

agora a picolé de chuchuzinho britto pode passar o resto da vida morando em hotel de luxo pelo mundo. tudo em troca de alguns meses de casada... para ter isso eu daria até o pro mick jagger.

Carolina disse...

Mas então, a pensão dela será de 130mil durante 2 anos, não mais que isso, não durará a vida inteira. Exatamente pq ela tem carreira e é nova e não tem filhos com ele.
Se ela tentou um golpe, deu com os burros n'água. Ela tem 2 anos pra se estabilizar novamente e voltar pra labuta. Não tá fácil conseguir pensão hj não.

Lili Cheveux de Feu disse...

antes de terminar o segundo ano ela deve se casar com outro fundo de pensão.

marcelo disse...

Mari, eu realmente não apoio condutas do tipo dessa moça. Acho até que provavelmente ela seja uma vigarista mesmo, embora a gente nunca saiba o que acontece na intimidade do casal, vai saber, né...
Só que, se ela deu o golpe, ela só conseguiu dar porque uma instituição que deveria ser seríissima, que é a forma de união entre pessoas para guiar suas vidas em torno de um objetivo comum, baseada no amor e no respeito mútuo, virou uma esculhambação. Ela pode ser vigarista, mas contou com a conivência da família, dos amigos, da sociedade, porque todo mundo acha bonitinho e dignificante o circo e ficam glorificando a palhaçada em que se transformou o ritual, uma breguice, ostentação e egolatria pura. Contou com a imaturidade e a irresponsabilidade dele, o Pato, que semanas depois estava as turras com ela em outro país, saindo pra baladas com amigos como se nada tivesse mudado, como se ele não tivesse passado a ter família, responsabilidades, uma companheira, um lar.
Não é justo?? Não mesmo! Mas precisa acontecer pra ver se as pessoas acordam e viram adultas. E pra pararem de entupir a justiça com briguinhas ridículas, e de ficar dando espetáculos deprimentes pra quem não tem nada com isso. Casamento é coisa pra gente adulta, e o resultado da insensatez generalizada dos dias de hoje ta aí: o palhaço vai ter que dar uma pequena fortuna por mês pra uma pessoa que ele mal conhece. Legal, né? Bem feito.(e mesmo que sejam só dois anos... serão mais de 3 milhões de reais nesse período... dá até pra ela se aposentar e viver do lucro...)

Marie Clarté d'Or disse...

Marcelo: concordo (e preciso te conhecer pessoalmente; porque te amo de longe) com tudo. Ontem, quando li essa notícia fiquei pensando: Alguma coisa tem que ser paga pelo tamanho da bobagem que as pessoas andam fazendo.

Eu acredito e espero ficar velhinha acreditando que: é tudo um ciclo! Vai e volta (não necessariamente nesta vida).

Mari Biddle disse...

Marcelo, apoiado [2] e tambem preciso te conhecer. Ta rolando um amor. O problema e' que moro longe e moro mal. Hihihi!

Anônimo disse...

A diferenca entre ela e a Eliza? Tu quer mesmo que eu desenhe pra ti, anonimo? A velha dicotomia santa x puta caaaaaaaaaaaaaansa! Eu fico pensando neste povo que tem uma dificuldade de raciocionar um tiquinho assim e fala umas asneiras por ai. Eu fico com do'.

Anônimo disse...

BURRO.

marcelo disse...

Marie e Mari (gente, parece nome de boutique do dondoca!!!),

Vamos combinar um encontro qualquer dia desses, vamos? Todos moramos longe (mari, no seu caso não faço a menor idéia!), mas ah! vai que um dia dá certo, né! Bom domingo proceis!!!

Anônimo disse...

Ela *NUNCA* que vai ganhar isso por mês da Globo. Se deu bem. Dois anos? São 3 milhões e 120 mil. Acho isso muito errado, pois mulheres comum com vigor físico pra trabalhar os juízes em gral não dão pensão não. A pessoa que se vire até se estabilizar.